Imobiliário A mansão de 6,9 milhões de dólares que tem a sua própria ilha privada

A mansão de 6,9 milhões de dólares que tem a sua própria ilha privada

Há uma casa à venda na Florida com 290 m2 por 6,9 milhões de dólares. A novidade? Inclui uma ilha de 2 hectares. O actual proprietário colocou a propriedade à venda por ser "pequena" para toda a família.
Engel & Völkers Engel & Völkers Engel & Völkers Engel & Völkers Engel & Völkers Engel & Völkers
Bloomberg 15 de fevereiro de 2017 às 15:35

Tem três quartos, três casas-de-banho, piscina e é alimentada a energia solar. E também inclui uma ilha de dois hectares com algumas iguanas como vizinhas. Estas são as características da casa de 290 m2 em Melody Key, nas ilhas de Florida Keys, que foi posta recentemente à venda por o proprietário a considerar "pequena".

Blaise Carroz, promotor imobiliário de origem francesa, contou à Bloomberg que desde que era criança tinha o sonho de ter a sua própria ilha. Em 2014 viu uma oportunidade para transformar o sonho em realidade sem muitas chatices e gastos. Quando visitou a mansão na ilha Melody Key, Carroz soube logo "que era o sítio perfeito para passar férias em família". O espaço, quer a ilha quer a casa, estava em perfeitas condições, não precisava quase de qualquer intervenção detalhou o empresário.

A propriedade tinha sido inicialmente detida pelo vocalista do grupo 311, Kick Hexum. O músico vendeu o imóvel a um empresário britânico, que decidiu investir na remodelação da casa e na manutenção do espaço envolvente para depois revender. É aqui que aparece Carroz que confessou à Bloomberg que as únicas mudanças que fez foram ao nível da decoração da casa.

"Produzimos a nossa própria energia através de painéis solares e a água vem directamente do mar", passando depois por um sistema de filtragem, contou Blaise Carros. Além disso, tem um gerador e a casa é à prova de tempestades. "Quando vivemos ali, sentimo-nos um jovem Robinson Crusoe", brincou.

No entanto, todos estes ‘luxos’ têm um preço. "É como um carro, é necessário fazer a manutenção", apontou, revelando que os custos de manutenção da ilha rondam os 2 mil a 3 mil dólares por mês, cerca de 30 mil dólares por ano. Isto sem incluir o valor dos impostos.

Carroz preferiu contratar uma pessoa a "full time" para tratar da manutenção da propriedade. E apesar destes custos, incluindo o salário do trabalhador, o investimento mais do que compensava porque alugava a casa a 1,375 dólares por noite, por um mínimo de seis noites (o valor máximo exigido pela lei).

Apesar da água cristalina e de toda a paisagem paradisíaca envolvente Carroz admite que, como tudo, também há pontos negativos. Melody Key não tem praia, é rodeada por árvores, é uma ilha "rica em vida selvagem", referiu. Além disso, continuou, "tem algumas iguanas que todos os anos vão à ilha colocar ovos", admitiu.

Mas não foi nenhum destes pontos que levou Carroz a colocar a sua ilha de sonho à venda. "Agora tenho cinco filhos, tornou-se um bocado pequena para nós", revelou.

Quanto ao preço de venda, 6,9 milhões de dólares, refere que quando comprou a ilha, "não foi dou ponto de vista profissional. E vende-la para ter lucro não era o meu objectivo".

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub