Banca & Finanças ABN Amro identifica 90 funcionários que falsificaram assinatura de clientes

ABN Amro identifica 90 funcionários que falsificaram assinatura de clientes

O ABN Amro identificou 90 funcionários que falsificaram assinatura de clientes em documentos relacionados com os créditos hipotecários. Inicialmente tinham sido identificados nove. E a investigação ainda não terminou.
ABN Amro identifica 90 funcionários que falsificaram assinatura de clientes
Bloomberg
Sara Antunes 25 de Novembro de 2016 às 15:06

No início do mês, o ABN Amro revelou que foram descobertos nove funcionários que tinham falsificado assinaturas de clientes em documentos relacionados com créditos à habitação. E revelou que ia dar início a uma investigação para apurar se havia mais casos.

 

Esta sexta-feira, 25 de Novembro, o banco holandês anunciou que foram identificadas 90 pessoas, sendo que os responsáveis da instituição garante, segundo a Bloomberg, que não houve qualquer dano para os clientes.

 

O ministro das Finanças, Jeroen Dijsselbloem, já reagiu – o banco é detido em 70% pelo Estado holandês – considerando que "isto é muito sério". "Mesmo que não haja danos materiais para o cliente, isto não é permitido, é uma fraude", realçou, citado pela Bloomberg.

 

"Sinceramente, lamento que isto possa ter acontecido e que afectemos a confiança assim. Faremos tudo que podermos para reparar" a situação, afirmou o responsável pela banca de retalho do ABN Amro, Frans Woelders, citado num comunicado. O responsável quis salientar que "há mais de 800 funcionários" que trabalham neste segmento do banco e que "não tomaram estas decisões".

 

A investigação ainda não foi concluída, estando a ser analisados mais de 9.000 ficheiros.

 

As acções do banco estão a cair 0,57% para 20,165 euros.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 6 dias

ESTE XUXA DEVIA DEMITIR-SE

MANDA POSTAS DE PESCADA NO EUROGRUPO, MAS TAMBÉM LIDERA UM CORJA DE VIGARISTAS!

pub