Prémio FLAD.EY BUZZ USA Absolute Bliss: Psicologia algarvia “reabilita” à saída do hospital

Absolute Bliss: Psicologia algarvia “reabilita” à saída do hospital

Ana Paula Duarte vai juntar a experiência clínica e na gestão de um “resort” da Praia da Luz para construir uma unidade de reabilitação neuropsicológica em Lagos, que funcionará também como hotel de saúde.
Absolute Bliss: Psicologia algarvia “reabilita” à saída do hospital
Ana Paula Duarte, 52 anos, estima inaugurar a clínica de reabilitação neuropsicológica em 2020.
Sérgio Lemos
António Larguesa 26 de julho de 2017 às 11:01
Uma unidade de reabilitação neuropsicológica para receber pacientes que acabam de ter alta dos estabelecimentos de saúde, depois de terem sido vítimas de acidentes vasculares cerebrais (AVC), traumatismos cranianos ou doenças generativas. É nesta unidade pós-hospitalar e na componente médica que assenta o projecto da Absolute Bliss, que terá também uma valência interligada como hotel de saúde.

O empreendimento planeado para o Algarve é um sonho antigo de Ana Paula Duarte, que "há muito tempo pensava desenvolver um projecto na área da saúde" e que decidiu finalmente avançar com esta empresa nova - "uma start-up, como agora lhe chamam" - em Agosto do ano passado. Detentora da maioria das quotas, acima de 90%, tem como sócia Rita Matos Guerreiro, uma pessoa de confiança, da área administrativa, com quem trabalha há vários anos.


800
M2 de construção
O terreno já comprado junto ao centro de saúde de Lagos dará para construir numa área de cerca de 800 metros quadrados.

14
Quartos
O projecto da Absolute Bliss, formalizado em Agosto de 2016, prevê 14 aposentos para os pacientes portugueses e internacionais.


Licenciada em Psicologia no ISPA e com mestrado em Neurociências feito em Barcelona e trabalho final sobre "Reabilitação Psicológica da Memória", a algarvia de 53 anos tem uma clínica de psicologia há mais de duas décadas. Em paralelo, é dona de um pequeno "resort" na Praia da Luz ("Beach Park Apartments"). Neste novo negócio, num "sítio privilegiado que recebe pessoas de todo o mundo", quer aliar esses dois conhecimentos.

O terreno, perto do centro de saúde de Lagos, já está comprado e dará para cerca de 800 metros quadrados de construção, num total de 14 quartos. As obras avançam em 2018 e, em paralelo, também a promoção fora de portas. A empresa quase ainda não tem histórico, mas já garantiu apoios comunitários para a internacionalização numa candidatura ao Portugal 2020, aprovada recentemente, que visa a captação de clientes estrangeiros.

Saúde pública e privada

O plano de negócios da Absolute Bliss aponta 2020 como a data da abertura de portas a pacientes afectados por algum tipo de doença neurológica, mental ou pós-operatória, que precisem de tratamento na nesta área da reabilitação neuropsicológica. Mas também a uma população que queira "utilizar um pacote de férias e bem-estar focado no anti-stress e rejuvenescimento do cérebro". Incluindo aqui "pessoas mais jovens sujeitas a muita competitividade e que já estão a necessitar de um programa deste tipo porque não conseguem memorizar bem ou têm níveis de atenção muito baixos".

As feiras turísticas internacionais, as plataformas de reservas online dirigidas ao turismo de saúde, as agências de viagens ou os acordos com seguros de saúde são algumas das armas para seduzir o mercado. Outra aposta passará por convénios para tentar incluir este serviço nos sistemas públicos de saúde. "Ao fim de um ano, cerca de 80% dos indivíduos que sofrem um AVC têm uma depressão porque saem da alta hospitalar com pouco acompanhamento. As perdas cognitivas, mais ou menos acentuadas, também dificultam a reintegração no mercado de trabalho. Isto é um problema e tem custos para o Estado", adverte Ana Paula Duarte.

raio-x

Pessoas, pioneirismo e preparação 

São os três "pês" que podem ser o segredo para o sucesso deste projecto de Ana Paula Duarte, que está prestes a sair do papel.

Recursos humanos para as duas valências
 Para a clínica serão necessários médicos de diferentes especialidades (neurologia ou psiquiatria), psicólogos e técnicos de reabilitação neurológica.
 Para a valência do hotel de saúde, a empreendedora quer recrutar vários profissionais, como ajudantes de cozinha ou "staff" de manutenção e limpeza.

Reclamar o carácter pioneiro
 Em Portugal já há alguns núcleos de reabilitação neuropsicológica, mas em regime de ambulatório e não numa unidade como esta.
 A empresária nota ainda que no país "não há prática de hotelaria de saúde", só unidades focadas na saúde termal e fitness/spa.

Preparados e rápidos a avançar no terreno
 Os concorrentes podem surgir a qualquer momento, pelo que é hora de avançar: "tenho tudo preparado, agora é uma questão de sermos muito rápidos".
 A maior ameaça apontada é uma eventual aliança entre um grande grupo de saúde a funcionar em Portugal e um grupo hoteleiro.



Perguntas a Ana Paula Duarte
Fundadora da Absolute Bliss

"Algarve é parecido com a Califórnia"

A gestora explica por que o turismo de saúde é oportunidade para o Algarve.

Como avalia o potencial do turismo de saúde?
Está nas linhas directoras do Turismo de Portugal como produto estratégico e é uma oportunidade para o Algarve, em particular. Geograficamente é muito interessante, é uma região de férias e de "relax", tem as condições de bem-estar e uma experiência grande em acolher bem pessoas de várias culturas. Além dos portugueses, queremos captar doentes estrangeiros que possam vir fazer a reabilitação neuropsicológica a Portugal.

Além de portugueses, queremos captar doentes estrangeiros que possam vir fazer aqui a reabilitação neuropsicológica.

Quais são os mercados de origem com mais potencial?
Numa primeira fase, os principais serão os de proximidade a nível europeu e os que estão habituados a vir de férias para o Algarve, como ingleses e alemães. Contudo, os Estados Unidos também são promissores. Sobretudo nos anos 1970, muitos americanos compravam casa no Algarve. Ultimamente menos, mas é um mercado muito atractivo, claro. O Algarve é parecido com a Califórnia.

Mas têm outro interesse lá...
Sim. Além de captar clientes, o de encontrar parceiros tecnológicos com experiência, que contribuam para melhorar a intervenção da reabilitação neuropsicológica, através do desenvolvimento de software aplicado a esta área. n





A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub