Indústria Accionista da Moleskine tem 5% da Altri e 2% dos CTT

Accionista da Moleskine tem 5% da Altri e 2% dos CTT

As aquisições foram hoje notificadas pelas empresas à Comissão do Mercados de Valores Mobiliários. Na empresa produtora de cadernos, a Indumenta Pueri tem cerca de 5% do capital.
Accionista da Moleskine tem 5% da Altri e 2% dos CTT
Paulo Zacarias Gomes 27 de dezembro de 2016 às 18:35
A Indumenta Pueri reforçou a participação em duas cotadas portuguesas, ao superar a barreira dos 2% dos CTT e aumentando para acima de 5% na Altri.

As aquisições, feitas em ambos os casos através do fundo Wilmington Capital, foram notificadas esta terça-feira, 27 de Dezembro, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários.

No caso dos CTT, o limite dos 2% foi ultrapassado a 22 de Dezembro, com a notificação da compra de 2,0136%, que coloca nas mãos da empresa cerca de 3 milhões de acções.

Em relação à Altri - empresa que partilha o núcleo accionista e de gestão com a Cofina (dona do Negócios) -, o limite dos 5% foi superado no dia 16 de Dezembro, com a detenção de 10,26 milhões de acções da companhia, correspondentes a 5,002%. Num outro comunicado em 1 de Agosto, a Altri revelava que a empresa espanhola possuía, à data, 2,02% do seu capital.

A "holding" Indumenta Pueri - sediada em Málaga, Espanha - é accionista, entre outros, da empresa Moleskine, que fabrica os cadernos com o mesmo nome, detendo ali uma participação de 5,003%. Uma tranche semelhante foi comprada em Outubro na agro-alimentar italiana La Doria.

As acções dos CTT fecharam o dia a apreciar 1,19% para 6,47 euros, enquanto as da Altri terminaram a sessão a ganhar 1,78% para 3,88 euros.

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
}
pub