Energia Accionistas da REN dão luz verde a aumento de capital de 250 milhões para comprar EDP Gás

Accionistas da REN dão luz verde a aumento de capital de 250 milhões para comprar EDP Gás

Os accionistas da REN deram luz verde para o conselho de administração avançar com a operação para financiar a compra da companhia de distribuição de gás.
Accionistas da REN dão luz verde a aumento de capital de 250 milhões para comprar EDP Gás
Miguel Baltazar
André Cabrita-Mendes 11 de maio de 2017 às 13:15

Os accionistas da REN aprovaram o aumento de capital no valor de 250 milhões de euros. Este dinheiro vai servir para financiar parte da compra da EDP Gás, negócio avaliado em 532 milhões de euros.

A operação foi aprovada na assembleia-geral desta quinta-feira, 11 de Maio, com o voto favorável de mais de 99% dos accionistas presentes, conforme apurou o Negócios.

Os accionistas da energética aprovaram assim o ponto 7 da ordem do dia: "Deliberar sobre a autorização a conferir ao conselho de administração para aumentar o capital social da REN com vista à aquisição da totalidade do capital social da EDP Gás".

 

Desta forma, os accionistas deram autorização para o conselho de administração decidir se avança para o aumento de capital, mas no comunicado de 7 de Abril, a REN explicava que a operação já tinha sido aprovada pela administração, mas que ainda carecia da aprovação da assembleia-geral.  

 

"O conselho de administração aprovou a estrutura de financiamento da transacção, que inclui o recurso a linhas de crédito e a um aumento do capital social da REN por novas entradas em dinheiro, sujeitos à aprovação dos órgãos sociais competentes da REN", disse a empresa a 7 de Abril.

A operação, na qual será dado direito de preferência aos actuais accionistas, poderá acontecer até 31 de Dezembro de 2007 sendo que antes de o conselho de administração tomar a decisão de avançar com o aumento de capital é necessário um "prévio parecer favorável da comissão de auditoria", anunciou a empresa a 19 de Abril em comunicado à CMVM.

 

A Autoridade da Concorrência (AdC) já está a analisar a compra da EDP Gás pela REN Gás. A Concorrência publicou um anúncio a 5 de Maio, a informar que já foi notificada da operação de concentração. 

A EDP Gás detém a segunda maior rede de distribuição de gás em Portugal, com 4.640 quilómetros e uma base de activos regulados de cerca de 451,6 milhões de euros. O EBITDA em 2016 foi de 48,5 milhões.

Mais conhecida por Portgás, a EDP Gás detém a concessão para a distribuição de gás no noroeste de Portugal, cobrindo 29 municípios nos distritos do Porto, Braga e Viana do Castelo, totalizando 339 mil pontos de abastecimento.


A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

E QUANDO É QUE COMEÇAM A TRATAR DOS ROUBOS DE ELECTRICIDADE FEITOS EM MILHARES DE CONTADORES COM LIGAÇÕES PIRATAS PARA AR CONDICIONADO? E OS CONTADORES COM POTENCIA MÁXIMA MAS FACTURA MÍNIMA FEITO POR ELECTRICISTAS CORRUPTOS? E ROUBOS ATRAVÉS DE CANDEEIROS NA RUA?

pub