Banca & Finanças Accionistas do BCP aprovam contas e gestores da Fosun

Accionistas do BCP aprovam contas e gestores da Fosun

Os accionistas do BCP aprovaram as contas do banco, a política de remuneração e a nomeação dos novos administradores indicados pela Fosun na assembleia-geral desta quarta-feira. Estiveram na reunião investidores que representam 54,17% do banco.
Accionistas do BCP aprovam contas e gestores da Fosun
Maria João Gago 10 de maio de 2017 às 18:47

Os accionistas do BCP aprovaram as contas do banco relativas ao ano passado, a nomeação dos administradores indicados pela Fosun e Pedro Rebelo de Sousa como presidente da mesa da assembleia-geral na reunião que teve lugar esta quarta-feira, 10 de Maio. Estiveram presentes no encontro investidores que representam 54,17% do capital da instituição financeira liderada por Nuno Amado, de acordo com a informação publicada no site da CMVM.

 

Esta foi a primeira reunião de accionistas depois de a Fosun ter reforçado o seu investimento no BCP, ficando com uma posição de 23,9%. Foi na sequência desta aposta que o grupo chinês indicou João Nuno Palma e Lingjiang Xu para administradores do banco. Estes gestores já tinham sido cooptados para o conselho, mas só nesta assembleia-geral é que a sua nomeação foi ratificada pelos accionistas.

 

Os dois administradores assumiram funções formais na última semana, depois de terem recebido luz verde do Banco Central Europeu. João Nuno Palma é o terceiro vice-presidente executivo, enquanto Lingjiang Xu tem funções não executivas.

 

Além da ratificação destas nomeações, os accionistas aprovaram ainda a eleição do advogado Pedro Rebelo de Sousa para presidente da mesa da assembleia-geral. Para assumir este lugar, o irmão do presidente da República renunciou ao lugar de administrador não executivo do Haitong Bank.

 

A reunião de investidores aprovou ainda as contas do ano passado, em que o banco teve lucros de 23,9 milhões de euros, um voto de confiança na administração, incluindo a comissão executiva e de auditoria, bem como a declaração sobre a política de remuneração dos membros dos órgãos sociais.

(Notícia actualizada às 19:00 com detalhe dos pontos aprovados)

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado IS Há 2 semanas

Não havia uma hipótese alternativa!

comentários mais recentes
IS Há 2 semanas

Não havia uma hipótese alternativa!

Pinto Há 2 semanas

És um génio ó Anónimo. Centenas de analistas no mercado a estudar os fundamentais da NVIDIA é só tu é que sabias que ela valia mais que o valor de mercado... Até uma moeda atirada ao ar acerta metade das vezes... Mais modéstia, amigo. NINGUEM acerta sempre. Muito menos tu.

vou vender bcp e comprar pharol Há 2 semanas

PARA MIM CHEGA VOU VENDER OS MEUS 3 milhões de ações do MILENIUM BCP e vou investir TUDO NA PHAROL o BCP só desce ( mesmo com otimas noticias e resultados ) e a pharool mesmo estando falida e com pessimas noticias está sempre a SUBIR

Anónimo Há 2 semanas

Pinto, essa pergunta é estúpida. Não existem dados para aferir os números do Euromilhões. pelo contrário existem dados para aferir o valor de uma empresa em termos fundamentais e qual o potencial de crescimento do negócio no mercado ou mercados com que está envolvida. Mas se quiseres digo-te os da semana passada que deves ser analfa.

pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub