Bolsa Altice dispara mais de 10%

Altice dispara mais de 10%

As acções da Altice estão a reagir ao anúncio de “spin- off” e da reorganização do negócio na Europa.
Altice dispara mais de 10%
Bloomberg

As acções da Altice sobem 5,06% para 9,924 euros, tendo chegado a valorizar um máximo de 10,52%, o que corresponde à subida mais pronunciada das acções no último mês, de acordo com a Bloomberg.

 

Este desempenho está relacionado com o que a empresa de Patrick Drahi comunicou na segunda-feira, 8 de Janeiro, ao final do dia. A Altice vai avançar com um spin-off das operações nos EUA e na Europa.

 

Assim, a Altice EUA e Altice Europe (nova denominação) terão estruturas diferentes e cada uma estará focada num mercado próprio. "A separação permitirá a cada uma das unidades focalizar-se mais nas diferentes oportunidades de criação de valor nos seus respectivos mercados e garantirá uma maior transparência para os investidores", refere o comunicado publicado ainda na segunda-feira.

 

Já esta manhã, o presidente executivo da Altice Europe, Dennis Okhuijsen, realizou uma conference call com analistas, onde afirmou que a empresa tem várias opções de desalavancagem, que incluem a venda de activos, a geração de cash flow e o crescimento do EBITDA.


Actualmente a dívida líquida da Altice encontra-se nos 31 mil milhões de euros, segundo a informação divulgada pelo responsável.

 

Quanto ao mercado português, o responsável apenas afirmou que há sinais de melhoria em Portugal.

 

O BPI considera que a "reorganização do grupo parece ser a resposta da Altice às preocupações do mercado sobre o grupo. Não é claro quais serão as implicações para a operação da Altice em Portugal desta alteração mas esperamos um foco maior devido ao peso maior que terá no novo grupo Altice Europe", afirmam os analistas do BPI, num breve comentário publicado esta terça-feira.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 09.01.2018

com base em que? de jogadas de compra e venda de accoes. truques de bolsa. nao foi de certeza com accoes em actos de gestao de criação de valor. racionalizacao de meios, racionalizacao dos elementos da gestao e administracao, nr de elementos, fringe benefits, complementos de ordenados. injecao de capital dos acionistas, lançamento de produtos. etc. o que vemos e um desfilar de egos e de incompetentes. que provaram estes pseudo administradores? por onde andaram? qual a performamce das empresas quando estas as lideraram. aposto em como iremos ter surpresas

comentários mais recentes
Anónimo 09.01.2018

com base em que? de jogadas de compra e venda de accoes. truques de bolsa. nao foi de certeza com accoes em actos de gestao de criação de valor. racionalizacao de meios, racionalizacao dos elementos da gestao e administracao, nr de elementos, fringe benefits, complementos de ordenados. injecao de capital dos acionistas, lançamento de produtos. etc. o que vemos e um desfilar de egos e de incompetentes. que provaram estes pseudo administradores? por onde andaram? qual a performamce das empresas quando estas as lideraram. aposto em como iremos ter surpresas

SANTANDER prepara OPA ao BCP 09.01.2018

o SANTANDER não LARGA o DIAMANTE em BRUTO MILENIUM BCP eles não ABDICAM do MAIOR TESOURO da PENINSULA IBERICA a QUALQUER ALTURA eles vão CONSUMA - LA o preço 1.50 por AÇÃO o preço a que a FOSUN também VENDE

pub