Telecomunicações Acordo entre Altice e CTT terminou em Dezembro
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Acordo entre Altice e CTT terminou em Dezembro

O prazo para a Altice e os CTT avançarem com uma parceria em exclusividade expirou no dia 31 de Dezembro de 2016. Com o fim desta obrigação contratual os Correios podem celebrar acordos com outras operadoras de telecomunicações.
Acordo entre Altice e CTT terminou em Dezembro
Sara Ribeiro 23 de janeiro de 2017 às 21:25

O acordo assinado entre a Altice e os CTT para explorarem sinergias em exclusividade terminou no final de Dezembro de 2016. O fim do prazo contratual estabelecido com a dona da Meo pode agora abrir a porta a futuras parcerias com outras operadoras.

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 24.01.2017

Qual o impacto nos resultados? Só nos 9 meses de 2016 havia 7.5 milhões€ de receitas por causa deste acordo, que assim vão deixar de existir...

Anónimo 24.01.2017

Hoje as acções CTT perdem e ficam abaixo dos seis euros, pois são tantas noticias de reclamações, falta dinheiro lojas, falta segurança, má gestão Açores onde empresa ignora a existência dos CTT naquela região, que as acções começam a perder terreno, e tudo falta vontade resolver agir perde acionist

Anónimo 24.01.2017

A acrescento centro distribuição a distam 10 minutos um do outro na ilha sao Miguel, com carteiros em chefes, e não a distribuir, é falta gestão se ponta delgada dista 10 minutos ribeira grande qual lógica de ter um edifício, transportes, quando podia concentrar em ponta delgada. Gestão Açores má

Anónimo 24.01.2017

A gestão dos CTT com dr Lacerda tem sido boa gestão nível nacional, mas na região Açores deixa muito desejar, na direção ha 15 trabalhadores a mais e falta nas lojas com reclamações no pagamento reformas falta segurança lojas, na distribuí cdp's que distam 10 minutos uns dos outros com um chefe 9 pt

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub