Telecomunicações Administração da Oi aprova plano de recuperação

Administração da Oi aprova plano de recuperação

O conselho de administração da Oi aprovou, por maioria mas sem unanimidade, o plano de recuperação judicial esta sexta-feira.
Administração da Oi aprova plano de recuperação
Reuters
Sara Antunes 04 de novembro de 2017 às 13:41
O conselho de administração da Oi esteve reunido esta sexta-feira, 3 de Novembro, tendo aprovado "por maioria, com 3 votos contrários", o plano de recuperação judicial, revela um comunicado emitido para o regulador do mercado de capitais brasileiro este sábado.

As condições do plano de recuperação serão assim oferecidas a todos os detentores de obrigações da Oi.

Foi também aprovado que, depois de estabelecidos os termos finais do plano de reduperação judicial, que terão de ser aceites pelo tribunal, "a companhia faça um esforço de busca de adesão ao referido PSA [plano de recuperação] junto aos credores", acrescenta o mesmo comunicado.

O conselho de administração analisou ainda uma proposta dos "assessores Moelis & Company, G5 Evercore e FTI, que assessoram um grupo específico" de detentores de dívida "e decidiu ser impossível a sua aceitação". E explicam: a proposta não é vinculativa e propõe "um desequilíbrio de tratamento entre diferentes stakeholders".

"Por fim, a Companhia reafirma a sua disponibilidade e intenção de continuar a trabalhar com todos os stakeholders da empresa para que seja possível aprovar, em assembleia de credores, o Plano. Nesse sentido, mantém-se aberta, em boa-fé, para repassar a todos os credores os detalhes do Plano, com o objetivo de esclarecer seus termos e obter adesão dos credores", salienta a mesma fonte.



pub