Empresas Administração da Brisa dá passo que faltava ao registo da OPA

Administração da Brisa dá passo que faltava ao registo da OPA

Administração da concessionária diz no relatório complementar que subida do preço da OPA para 2,76 euros por acção "contribui para a confluência com os interesses dos accionistas".
Maria João Babo 13 de Julho de 2012 às 12:52
O conselho de administração da Brisa mantém, no relatório complementar sobre a oportunidade e condições da oferta, a recomendação que “cada accionista tome a sua decisão quanto à venda ou manutenção das acções com base nos próprios objectivos de investimento e respectivo horizonte temporal”.

O relatório, que foi aprovado por unanimidade por todos os administradores da concessionária – à excepção de um, o indicado pela Abertis – mantém ainda que face ao contexto actual “a contrapartida da oferta continua a inserir-se dentro de um intervalo razoável de valor intrínseco da sociedade”.

O aumento da contrapartida, para a administração da Brisa, “contribui para a confluência com os interesses dos accionistas, e nesse sentido deve ser relevada como um elemento positivo”.

Com a publicação deste relatório complementar, actualizado após a subida da contrapartida da OPA em 10 cêntimos, haverá condições para a CMVM registar a oferta.

No documento, os administradores da concessionária assinalam ainda a “maior concretização da política de dividendos a adoptar na Brisa após a conclusão da oferta”, um ponto que o administrador nomeado pela Abertis na empresa tinha, no relatório inicial, contestado, à semelhança do preço oferecido.

Os documentos da oferta referem que José de Mello e a Arcus, os dois maiores accionistas que estão a lançar a OPA, pretendem que “a Brisa retome a distribuição de dividendos na medida do possível, ainda que sem ter como baliza uma percentagem fixa dos lucros ou um montante visado relativamente a ou ao longo de um certo período”.

“Adicionalmente é indicado que a disponibilidade da Brisa para prosseguir a política de distribuição de dividendos pode vir a ser afectada em virtude dos actuais termos e condições de financiamento da Brisa Concessões Rodoviárias, os quais prevêem limitações à distribuição de dividendos por esta sociedade”, é referido no relatório complementar.






A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
asCetau5bmj2 Há 3 semanas

http://trazodonehydrochloride.us/ - generic trazodone http://diclofenac-online.party/ - diclofenac http://fluoxetine20mg.review/ - fluoxetine 20mg cap http://buyaugmentin.space/ - buy augmentin online

asCetabvaeuu Há 12 horas

http://buy-lasix.gdn/ - buy lasix http://buyzoloft.click/ - zoloft generic price http://atarax.space/ - atarax

João Oliveira 13.07.2012

As minhas não as vendo. Quem já perdeu 50%, pode muito bem perder o resto. E se for o caso, dormirei bem na mesma, se ainda dormir.

malito 13.07.2012

Senhores pequenos accionistas :
Considero que estamos a ser roubados por estes senhores, não só relativamente ao valôr proposto, como em relação aos dividendos, os quais vão ser repostos após a opa.
Vamos todos apoiar a abertis, fazendo-lhe chegar esse apoio através do email abertis@abertis.com
Eu já o fiz.

ver mais comentários
pub