Aviação Aeroportos: Tecnologia portuguesa "non-stop" mostra-se em Amesterdão

Aeroportos: Tecnologia portuguesa "non-stop" mostra-se em Amesterdão

A solução-conceito desenvolvida pela portuguesa Vision-Box quer reduzir o tempo despendido pelos passageiros nos aeroportos durante os procedimentos de controlo, garantindo ao mesmo tempo os padrões de segurança.
Aeroportos: Tecnologia portuguesa "non-stop" mostra-se em Amesterdão
DR/Vision-Box
Paulo Zacarias Gomes 16 de março de 2017 às 18:43

A empresa portuguesa Vision-Box está a testar em Amesterdão, durante a mostra sectorial Passenger Terminal Expo, uma tecnologia que pretende reduzir o número de paragens dos passageiros durante os processos de controlo nos aeroportos.


O conceito Seamless Gateway apresenta-se como o "primeiro sistema sem contacto e de identificação biométrica através da face", que contribui para reduzir a quantidade de paragens do viajante em locais de controlo, nomeadamente com as autoridades fronteiriças.


A identificação é feita em poucos segundos através de reconhecimento facial e enquanto o passageiro se desloca. O próprio sistema disponibiliza, se necessário, meios alternativos de identificação, adaptando-se às necessidades de cada passageiro.


Em comunicado enviado às redacções, a Vision-Box assegura a interoperabilidade deste sistema de forma a garantir procedimentos de segurança elevados e proporcionando ao utilizador uma nova experiência durante a viagem.


A tecnologia desenvolvida pela empresa sediada em Carnaxide captura imagens de cada passageiro durante os procedimentos de chegada e faz corresponder esses elementos aos seus dados de identificação biométricos e biográficos.


Os elementos relativos ao passageiro ficam desta forma disponíveis para interligação com as bases de dados do aeroporto, da companhia aérea e dos serviços de imigração, sem necessidade de mais contactos.


Segundo o comunicado, a Vision-Box gere mais de 1300 soluções de controlo automatizado de fronteiras em mais de 70 aeroportos internacionais e dispõe de mais de quatro mil sistemas electrónicos de identificação implementados pelo mundo. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub