Agricultura e Pescas Agricultura cria linha de cinco milhões para alimentar gado
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Agricultura cria linha de cinco milhões para alimentar gado

O Governo abriu esta quarta-feira uma linha de financiamento para apoiar os agricultores na aquisição de alimentação animal. Cada agricultor poderá candidatar-se a um máximo de 15 mil euros.
Agricultura cria linha de cinco milhões para alimentar gado
Reuters
Bruno Simões 01 de novembro de 2017 às 22:20

Com o país a atravessar uma situação de seca extrema, o Ministério da Agricultura abriu esta quarta-feira as candidaturas a uma linha de apoio de cinco milhões de euros para apoiar as necessidades acrescidas de tesouraria

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
O ELEFANTE BRANCO Q SÃO AS PINTURAS RUPESTRES CÔA Há 2 semanas

A Barragem do Vale do Côa não será construída contra ninguém, visto que não coloca em perigo as pinturas rupestres, que, além de estarem já todas replicadas em vários suportes gráficos, não sofrerão qualquer dano, pelo facto de ficaram submersas.
O QUE NÃO SE PODE, DE TODO, É DESPREZAR AS PESSOAS.

Anónimo Há 2 semanas

Para quando umas quantas centrais de dessalinização, como se faz em Israel e nos países árabes?

O ELEFANTE BRANCO Q SÃO AS PINTURAS RUPESTRES CÔA Há 2 semanas

As pinturas rupestres do Vale do Côa não se podem sobrepor ao interesse básico das populações de acesso à agua, num tempo em q se esperam, crescentemente, maiores secas e chuvas esporádicas avassaladores, que será criminoso não aproveitar.
POPULAÇÕES DEVEM UNIR-SE NA EXIGÊNCIA DA BARRAGEM DO CÔA.

O ELEFANTE BRANCO Q SÃO AS PINTURAS RUPESTRES DO C Há 2 semanas

Do mesmo modo q a BARRAGEM DO ALQUEVA é, neste tempo de seca extrema, uma bênção para as cidades de Évora, Beja, assim como para as extensas áreas circundantes, poderia também existir a BARRAGEM DO ALQUEVA do Norte, no profundo e extensíssimo Vale do Côa, com capacidade para muitos Kms 3 de água.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub