Tecnologias Águas de Portugal gasta mais de um milhão em computadores

Águas de Portugal gasta mais de um milhão em computadores

O grupo estatal, que conta actualmente com cerca de 5 mil colaboradores, vai renovar os seus equipamentos informáticos, tendo lançado um concurso para a aquisição de computadores fixos, portáteis e "tablets".
Águas de Portugal gasta mais de um milhão em computadores
Correio da Manhã
Miguel Prado 03 de julho de 2014 às 09:54

O grupo Águas de Portugal lançou um concurso público para proceder à aquisição de equipamento informático para as suas várias empresas, tendo fixado um valor-base para esse fornecimento de 1,1 milhões de euros.

 

O concurso, publicitado esta quinta-feira em "Diário da República", está repartido por vários lotes, em que se incluem a aquisição de computadores fixos no valor de até 323 mil euros, portáteis num valor global de cerca de 523 mil euros e monitores com um tecto de despesa de 141 mil euros.

 

O procedimento lançado pela Águas de Portugal irá ainda contratar a aquisição de "tablets" no valor de 23 mil euros (o número de equipamentos a adquirir não foi divulgado no anúncio em "Diário da República"). As propostas dos fornecedores deverão ser apresentadas até meados de Agosto.

 

O grupo Águas de Portugal tinha no final de 2013 cerca de 5 mil colaboradores, tendo fechado o ano com uma redução de mais de 200 pessoas face aos 5.246 trabalhadores que tinha em 2012.

 

Em termos de resultados, a companhia estatal apresentou em 2013 um lucro de 104,7 milhões de euros (acima dos 93,8 milhões de 2012), beneficiando quer de um aumento do volume de negócios (que ascendeu a 816 milhões), quer de um desagravamento do resultado financeiro (que foi de 50 milhões negativos).




A sua opinião24
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 03.07.2014

Quer-se dizer, os computadores da PSP, do SNS, das Finanças... trabalham a vapor, mas estes vão ter "tablets" à borla para se divertirem... miséria de país!

comentários mais recentes
Anónimo 15.07.2014

O povinho para dizer mal está ai para as curvas. Não sei o que esta noticia tem de mal. Qual é o problema de centralizar e concentrar as compras?
Sou responsavel de IT de uma empresa privada com alguma dimensão e até bastante conhecida e também fazemos o mesmo.
Quem não tem noção das questoes operacionais não faz ideia da importancia que é ter um parte o mais uniformizado possivel, já para não falar no poder negocial que se tem junto dos fabricantes e das condições de suporte. E não falo de garantias normais. falo de suporte e reparação, on site, na mesa do colaborador durante periodos de 3 a 5 anos.
Chegam-se a valores com 60 e 70% de desconto sobre o preço de mercado para alguns equipamentos.
Queriam o que, que a AdP fosse à FNAC comprar o que estivesse em promoção um de cada vez?? Enfim.

Parece-me salutar esta medida, e pelos valores em causa, uma média por equipamento inferior a 300 Eur, parece-me até bastante bem.

Mais do que isso custa o Software Microsoft que deve ser o que é utilizado, mesmo quando ao abrigo de acordos.

Quem defende que devia ser comprado aos becejos e não tem a noção da importancia de normalização dos equipamentos e software, imagino como gira as suas empresas. Cada vez que um portatil avaria, o que fazem, vão à loja? E o licenciamento (se é que não é tudo pirata) como é que fazem? Enfim...

Anónimo 07.07.2014

E calculadora para este pessoal? É fazerem as contas: 1100000 / 5000 = 220€ em média por equipamento. Ou muito me engano ou há aqui muita gente que gastou mais do que isso num "smartphone".

Anónimo 03.07.2014

ORA VIVA O LUXO!!!
A PANDILHA PAGA TODAS AS IDIOSSINCRASIAS DOS BUROCRATAS, ATÉ BRINQUEDOS, POIS A ÁGUINHA DÁ PARA TUDO AO PREÇO QUE COBRAM, MELHOR SAQUE NÃO HAVERÁ... ENTRE MUITOS...

Anónimo 03.07.2014

impressionante!

Estes comentários revelam o estado do país...tanta ignorância.....

ver mais comentários
pub