Banca & Finanças Ainda não foi hoje que Carlos Costa falou sobre a venda do Novo Banco

Ainda não foi hoje que Carlos Costa falou sobre a venda do Novo Banco

A audição desta quarta-feira falou só sobre temas gerais e deixou para data a definir a convocatória para ouvir o governador do Banco de Portugal sobre a alienação do Novo Banco à Lone Star.
Ainda não foi hoje que Carlos Costa falou sobre a venda do Novo Banco
Bruno Simão/Negócios
Diogo Cavaleiro 24 de maio de 2017 às 15:05

Venda do Novo Banco. Este era um dos dois temas com que Carlos Costa ia ser confrontado pelos deputados esta quarta-feira, 24 de Maio, mas que, ao fim de quase quatro horas de audição, não foi discutido.

 

A comissão parlamentar de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa agendou para esta quarta-feira a audição do governador do Banco de Portugal em que, além da alienação do Novo Banco, tinha como assunto a convocatória habitual para falar das actividades do supervisor.

 

Só que o banco herdeiro do BES não foi tema. As quatro horas de audição debateram-se sobre assuntos gerais: as críticas à arquitectura da supervisão bancária europeia; os passos necessários para a constituição de uma solução para o crédito malparado; a necessidade da independência da supervisão bancária; a preocupação com o crédito ao consumo; o pedido de rapidez para a aprovação dos novos elementos da administração do Banco de Portugal; a capitalização do Montepio; e ainda a definição de provisões pelo supervisor bancário.

 

Foram três rondas de perguntas dos deputados a Carlos Costa, mas que não passaram para o Novo Banco. Esse será discutido em data a marcar. "A audição relativa à venda do Novo Banco será reagendada logo que o senhor governador tenha disponibilidade", disse Teresa Leal Coelho, presidente da comissão de Orçamento.

 

O assunto Novo Banco foi já ontem discutido no Parlamento, na mesma comissão de Orçamento, com Sérgio Monteiro, que liderou o processo de venda em nome do Banco de Portugal, a admitir um plano B caso a troca de dívida do Novo Banco não seja bem-sucedida. O Governo e o supervisor acordaram a alienação da instituição financeira herdeira do BES à Lone Star no final de Março.

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
eduardo.santos 24.05.2017

Costa vende Novo Banco -- Carlos Costa e outros que todos conhecemos formam um gang - roubaram o banco aos acionistas, seus verdadeiros donos, e estão a tentar vende-lo a outros criminosos - receptores - Quando é que este gang é apeado ?

Camponio da beira 24.05.2017

Provavelmente não se lembra, não tem de memória ou não se recorda. Orientar o salario que recebe (muito mais que o homologo americano), não deixa muito tempo para trabalhar.

pub