Turismo & Lazer Airbnb passa a permitir que valores das reservas sejam liquidados em dois momentos

Airbnb passa a permitir que valores das reservas sejam liquidados em dois momentos

A plataforma introduziu uma nova opção de pagamento, que permite que a liquidação dos valores em duas alturas. Quem utilizar este serviço pode passar a pagar uma parte do valor no dia em que faz a reserva e o remanescente próximo da data de entrada.
Airbnb passa a permitir que valores das reservas sejam liquidados em dois momentos
Yuya Shino/Reuters
Negócios 16 de janeiro de 2018 às 10:49

A plataforma Airbnb, que permite o aluguer de habitações por curtos períodos de tempo, lançou uma nova funcionalidade de pagamento: a "Funcionalidade de Pagamento Inicial Menor". Com este novo método, que foi lançado esta terça-feira, 16 de Janeiro, a empresa passa a permitir que os utilizadores liquidem os valores que correspondem ao pagamento do serviço em dois momentos, de acordo com o comunicado enviado às redacções. Até aqui, era necessário efectuar o pagamento total do valor no mesmo dia em que era efectuada a reserva.

"Os hóspedes podem agora pagar uma parte do valor total no dia em que fizerem a reserva, por meio de confirmação, pagando o valor restante quando a data de chegada estiver próxima", refere o comunicado da Airbnb.

A plataforma explica que esta nova funcionalidade "oferece maior flexibilidade de pagamento, permitindo aos viajantes efectuar as reservas antecipadamente sem os constrangimentos de não conseguir fazer o pagamento integral nesse momento".

Arnau Muñoz, director-geral da Airbnb Marketing Services, em comunicado, salienta que a empresa "compreende que pode ser difícil pagar as reservas na totalidade com antecedência". Por isso, "razão a plataforma introduziu uma nova opção que permite fazer a reserva com antecedência, garantindo o alojamento pretendido, mas sem ter que pagar o montante total da estadia logo nesse momento".




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
alberto9 Há 1 semana

O bom bom era atribuir automaticamente um crédito para pagar a reserva e estadia, isso é que era serviço

pub