Aviação Airbus A330neo voou esta manhã pela primeira vez

Airbus A330neo voou esta manhã pela primeira vez

O novo avião de longo curso da Airbus, o A330neo, que será operado em estreia mundial pela TAP, fez esta manhã o seu primeiro voo de teste. A aeronave descolou de Toulouse às 9:56 locais (8:56 em Lisboa) e entra assim na fase final de certificação.
A carregar o vídeo ...
Bruno Simões 19 de outubro de 2017 às 13:05

O mais recente avião da Airbus, o A330neo, que é uma versão melhorada do actual modelo A330, levantou voo esta manhã pela primeira vez, entrando assim na recta final de um processo de desenvolvimento iniciado em 2014. A aeronave descolou sem problemas e voou durante várias horas ao longo da manhã pelos céus de França, para permitir uma análise exaustiva dos parâmetros de voo e do comportamento da aeronave.

 

A aeronave que hoje começou os testes em voo é da mesma versão – 900 – que a TAP vai adquirir, com capacidade para 287 passageiros. Há depois a versão 800, mais pequena e com menos espaço a bordo (257 passageiros) mas com maior autonomia.



A A330neo é uma versão melhorada do Airbus A330 que está em operação comercial desde 1994. Este novo modelo é mais eficiente e silencioso. De acordo com a Airbus, o neo (acrónimo de ‘new engine option’, ou nova opção de motor) permite uma poupança de combustível de 14% por lugar. As asas também foram redesenhadas e ganharam "sharklets", pequenas barbatanas na ponta que reduzem o atrito e o consumo de combustível.

 

Foi precisamente a demora no desenvolvimento dos novos motores Rolls Royce Trent 7000 que atrasou o processo – as primeiras previsões apontavam para a entrega da primeira aeronave à TAP no final deste ano. O A330neo integra também várias das inovações tecnológicas do A350, o avião que a TAP encomendou inicialmente – a mudança de modelo foi decidida quando o consórcio Atlantic Gateway se tornou dono da companhia.

A TAP vai adquirir 16 exemplares do A330neo, dois deles a leasing, e a entrega do primeiro está apontada para Julho do próximo ano.

 

Além da aeronave que esta manhã voou pela primeira vez (com matrícula F-WTTN), haverá ainda outro A330-900 e um A330-800 a fazer voos de teste, até completarem um total de 1.400 horas de voo. Nesse período espera-se que sejam certificadas as características e performance de voo pelas autoridades aéreas europeia (EASA) e americana (FAA).

O primeiro avião a chegar às mãos da TAP também já está praticamente finalizado e deverá receber a matrícula CS-TUA.




pub