Tecnologias Alibaba será parceiro dos próximos seis Jogos Olímpicos

Alibaba será parceiro dos próximos seis Jogos Olímpicos

A Alibaba e o Comité Olímpico Internacional (COI) assinaram uma parceria "histórica" de longo prazo. A parceria dura até 2028 e vai abranger os Jogos Olímpicos de Inverno e de Verão. O FT diz que o acordo deverá render 600 milhões de dólares ao COI.
Alibaba será parceiro dos próximos seis Jogos Olímpicos
Reuters
Sara Antunes 19 de janeiro de 2017 às 12:37

"O Comité Olímpico Internacional (COI) e o grupo Alibaba anunciaram hoje uma parceira de longo prazo até 2028", revela um comunicado emitido esta quinta-feira, 19 de Janeiro. A Alibaba vai ser parceiro oficial dos serviços de nuvem e dos serviços da plataforma de comércio electrónico, além de ser parceiro fundador do Canal Olímpico, revela a mesma fonte.

 

A parceria foi anunciada no Fórum Mundial Económico de Davos, na presença do presidente do COI, Thomas Bach, e do "chairman" da Alibaba, Jack Ma, e do presidente executivo da empresa, Daniel Zhang.

 

No comunicado emitido não são revelados quaisquer valores de negócio, mas o Financial Times adianta que este acordo deverá render aos cofres do COI cerca de 600 milhões de dólares (561 milhões de euros).

 

"Neste novo mundo digital, a Alibaba está posicionada de forma única para ajudar o COI a alcançar os vários objectivos-chave traçados na Agenda Olímpica 2020", realça o presidente do COI no comunicado. "Estamos orgulhosos em apoiar a Agenda Olímpica 2020, usando as nossas inovações e tecnologias", realça Jack Ma.

 

"A Alibaba é a primeira empresa a estabelecer um acordo de longo prazo com o COI até 2028 e a primeira empresa chinesa a comprometer-se com o Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022", destaca o comunicado.

 

A parceria entre a Alibaba e o COI inclui os Jogos Olímpicos de Inverno de PyeongChang 2018 (Coreia do Sul), os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, os Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim 2022 e os Jogos Olímpicos de Verão e de Inverno que vão ocorrer em 2024, 2026 e 2028, cujas localizações ainda não foram escolhidas. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub