Tecnologias Alphabet pretende melhorar plataforma Play

Alphabet pretende melhorar plataforma Play

O Google Play poderá vir a passar por algumas mudanças. As alterações vêm no sentido de facilitar o desenvolvimento de aplicações para o sistema operativo Android.
Alphabet pretende melhorar plataforma Play
Bloomberg
Negócios 03 de Novembro de 2016 às 14:53

Outras alterações levadas a cabo pela Alphabet incluem o melhoramento de recomendações na loja de aplicações através de inteligência artificial e um maior suporte para as plataformas de pagamento, refere a Reuters.

 

As mudanças no Google Play vêm fazer frente às recentes renovações na rival Apple. A App Store passou por alguns melhoramentos este ano, nomeadamente no que toca às revisões das aplicações e a cortes nos lucros para os programadores das aplicações.

 

Do lado dos programadores, tanto a Alphabet como a Apple têm vindo a receber queixas das suas dificuldades em se destacarem num mercado tão saturado. Já os utilizadores não fazem download de tantas aplicações como antes.

 

De forma a facilitar as recomendações de aplicações aos utilizadores, a Play Store tem vindo a servir-se de mecanismos de inteligência artificial. Estes investimentos inserem-se no programa de cooperação entre a Google e grupos de investigação que perdura há três anos e que no ano passado culminou no projecto de investigação Google Brain.

 

A Google também tem apostado na facturação das operadoras, uma opção de pagamento para quem não possui cartão de crédito; um campo onde a empresa se tem mantido forte face à Apple. Esta forma de pagamento já está disponível em 47 mercados.

 

De acordo com a mesma fonte, a loja de aplicações tem investido nos jogos móveis, com a Nintendo a desenvolver também para o sistema Android o novo Super Mario Run. Outro ramo de interesse para a Play passa pelo software para os dispositivos wearable, de realidade aumentada e para os computadores Chromebook.

 

James Knight, antigo funcionário da Google e fundador da consultadoria Pembroke, afirma que a companhia tecnológica facilitou o processo de desenvolvimento de aplicações para o Google Play, mas sublinha que "o Android tem sido um pouco mais como o Oeste Selvagem".




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub