Telecomunicações Altice multada em 80 milhões pelo regulador francês

Altice multada em 80 milhões pelo regulador francês

O regulador em França multou a Altice por a empresa ter avançado para a compra da SFR e da Virgin Mobile antes de obter autorização regulatória.
Altice multada em 80 milhões pelo regulador francês
André Cabrita-Mendes 08 de Novembro de 2016 às 13:28
O regulador francês da concorrência multou a Altice em 80 milhões de euros. A "Autorité de la Concurrence" considera que a Altice, que em Portugal tem a Meo, tentou avançar para dois negócios antes de obter autorização regulatória.

A multa de 80 milhões de euros deve-se à "realização, sem autorização, de duas operações de concentração no sector das comunicações electrónicas", diz o regulador no comunicado divulgado esta terça-feira, 8 de Novembro.

As duas operações dizem respeito à compra pela Altice da SFR e da Virgin Mobile em 2014. O regulador diz que esta é uma decisão pioneira em França, na Europa e no mundo, e que o valor para a multa teve em conta que as empresas não contestaram a realidade destas práticas.

"A Autoridade da Concorrência envia assim uma forte mensagem para as empresas: devem estar atentas para implementarem prematuramente uma concentração, sob pena de sanções severas", avisa o regulador.

Por seu turno, a Altice diz que as "práticas denunciadas (...) tiveram lugar de boa fé, no meio de incerteza legal". E que o seu objectivo era operacionalizar a nova empresa o mais depressa possível.

A Altice decidiu "não refutar estas práticas" e aceitar a decisão do regulador francês. Durante as negociações para chegar a acordo, a Altice "participou activamente na análise e discussão" com o regulador, disse a empresa liderada por Patrick Drahi em comunicado.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

TRAMBIQUEIROS

pertinaz Há 3 semanas

TRAMBIQUEIROS

pertinaz Há 3 semanas

TRAMBIQUEIROS

pub