Telecomunicações Altice reforça parceria para levar “boxes” da Meo à restante rede

Altice reforça parceria para levar “boxes” da Meo à restante rede

A Altice e a Arris International reforçaram a parceria para levar até França, Estados Unidos da América e República Dominicana a tecnologia 4K a que os portugueses já têm acesso na Meo.
Altice reforça parceria para levar “boxes” da Meo à restante rede
Bruno Simão
Wilson Ledo 15 de setembro de 2017 às 10:33

A Altice quer levar a tecnologia utilizada nas "boxes" de televisão da Meo a outros países da sua rede. Para tal, reforçou a parceria com a tecnológica Arris International, escreveu a agência Bloomberg esta sexta-feira, 15 de Setembro.

A PT Portugal, dona da Meo, já tinha escolhido a Arris para o seu serviço Meo Ultra HD 4K, que segundo o site da operadora de telecomunicações, "tem uma definição quatro vezes superior ao ‘Full HD’", notória em aspectos como a resolução, a intensidade da luz e o nível de detalhes da imagem.


É essa experiência de televisão que a Altice pretende agora expandir para França, Estados Unidos da América e República Dominicana, através da "box" E6000 da Arris. Não foram revelados detalhes mais concretos sobre o reforço do pacto entre as duas empresas.


"Os dispositivos que estamos a desenvolver com a Altice mostram a evolução do vídeo e oferecerão serviços de entretenimento emocionantes para milhões de assinantes da Altice nos Estados Unidos da América e Europa", afirmou Larry Robinson, presidente da Arris.


Em Julho, a Altice – através da Meo – anunciou a compra da Media Capital, dona da TVI e da Rádio Comercial, por 400 milhões de euros. Para se concretizar, o negócio terá de passar ainda no crivo da Entidade Reguladora para a Comunicação Social (ERC) e da Autoridade da Concorrência.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Marisa Há 6 dias

Sai da MEO, descontente com o serviço, o atendimento, e as práticas laborais. É assim que se deve responder a este tipo de " patrões ".

A DÍVIDA DA ALTICE JÁ SOMA + DE € 50.000 MILHÕES Há 1 semana

A ALTICE, q compra tudo qt mexe, parece nadar em dinheiro.
Nada mais enganador.
A cada compra, recorre a mais um empréstimo, pelo que, EM DÍVIDA ACUMULADA, JÁ SOMA MAIS DE € 50.000 MILHÕES.
A "bolha", ou melhor, a bronca, quando rebentar ouvir-se-á na Lua.
O seu testa-de-ferro é PATRICK DRAHI.

Anónimo Há 1 semana

Jose, mas a Altice aponta uma arma a alguem para fazer contratos?
que eu tenho conhecimento não, só lá vai quem quer...

Anónimo Há 1 semana

na Rep. Dominicana cuidado com o Furação.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub