Comércio Amancio Ortega deixa todos os cargos no grupo Inditex

Amancio Ortega deixa todos os cargos no grupo Inditex

O empresário espanhol, dono do grupo que detém marcas como a Zara e a Massimo Dutti, deixou todos os cargos que ainda ocupava na Inditex, avançou o Expansión. Desde 2011 que já não tinha funções executivas.
Amancio Ortega deixa todos os cargos no grupo Inditex
Reuters
Negócios 13 de dezembro de 2017 às 18:33

Amancio Ortega, actualmente com 81 anos, abandonou os cargos que tinha nas 53 unidades do grupo Inditex. Entre as unidades estão marcas como a Zara, Massimo Dutti, Pull & Bear, Bershka, Oysho, Lefties e Stradivarius.

 

A notícia está a ser avançada pela publicação espanhola Expansión, que adianta que este é mais um passo num processo de sucessão já iniciado em 2011, altura em que Ortega passou a liderança do grupo a Pablo Isla.

 

O arranque do dia foi marcado pela apresentação de resultados da Inditex, referentes ao terceiro trimestre do ano. As vendas da Inditex, a maior retalhista de vestuário do mundo, cresceram 6% no terceiro trimestre para 6,3 mil milhões de euros, o menor aumento dos últimos 15 trimestres. Já os lucros cresceram 2,7% para 975 milhões de euros, em linha com as estimativas dos analistas consultados pela Reuters.

O homem mais rico de Espanha - a fortuna está avaliada em quase 80 mil milhões de dólares - continua a ser o maior accionista do grupo (59,2% do capital), apesar de ter deixado funções executivas na Inditex.

 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub