Tecnologias Amazon lança serviço de música em streaming no Reino Unido

Amazon lança serviço de música em streaming no Reino Unido

O Amazon Music Unlimited promete ser o novo rival de plataformas como o Spotify e o Apple Music. A aposta no novo serviço passa por uma complementaridade com o hardware desenvolvido pela própria Amazon.
Amazon lança serviço de música em streaming no Reino Unido
Bloomberg
Negócios 14 de Novembro de 2016 às 16:09

O serviço Amazon Music Unlimited terá um preço base de 9,99 libras (11,59 euros) por mês, e dará acesso a uma biblioteca de mais de 40 milhões de músicas. Os subscritores do Amazon Prime terão acesso à plataforma de streaming por 7,99 libras por mês ou 79 libras por ano.

 

A Amazon pretende atrair os seus utilizadores a passarem para os serviços Amazon Prime, que oferece acesso gratuito ao Prime Music, com um catálogo de dois milhões e meio de faixas. Segundo Paul Firth, da Amazon, o Prime Music é um primeiro passo para a adesão ao Music Unlimited, refere o The Guardian.

 

Para utilizadores das colunas de som inteligentes Amazon Echo, o Music Unlimited está disponível por 3,99 libras por mês, com uma coluna por subscrição.

 

A plataforma de música da Amazon liga-se a sua oferta de hardware com uma série de funcionalidades, nomeadamente comandos de voz inteligentes que permitem pesquisar por músicas sem especificar o nome do artista ou da faixa. O objectivo passa por fazer com que os fãs escutem música que corresponda ao seu estado de espírito sem ter que pensar num artista ou banda específicos, refere Firth.

 

Outra funcionalidade avançada pelo The Guardian consiste na pesquisa de músicas através da letra: basta pedir a música com base num verso.

 

Com o serviço Music Unlimited, a Amazon pretende ainda concorrer com o Spotify na criação de listas de música personalizadas de acordo com o perfil do utilizador, à semelhança das listas Discover Weekly, Daily Mix e Discovery Radar.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub