Empresas Americana Bull Run Capital quer explorar lítio na Guarda e Viseu

Americana Bull Run Capital quer explorar lítio na Guarda e Viseu

A empresa requereu a atribuição de direitos de prospecção do mineral numa área chamada Arcozelo, nos concelhos de Gouveia e Mangualde, segundo a Direcção-Geral de Energia e Geologia.
Americana Bull Run Capital quer explorar lítio na Guarda e Viseu
Bloomberg
Alexandra Noronha 08 de agosto de 2016 às 10:50

A empresa americana Bull Run Capital requereu "a atribuição de direitos de prospecção e pesquisa de depósitos minerais de Lítio e minerais associados" numa zona chamada Arcozelo, nos concelhos de Gouveia e Mangualde, distritos da Guarda e Viseu, segundo um anúncio publicado em Diário da República pela Direcção-Geral de Energia e Geologia.


O pedido, de 16 de Março, está patente para consulta, dentro das horas de expediente, na Direcção de Serviços de Minas e Pedreiras da Direcção-Geral de Energia e Geologia, salientou o mesmo aviso.

Os interessados têm 30 dias para se pronunciarem, quer seja para reclamar ou apresentar propostas contratuais, pode ler-se no documento.


A Bull Run Capital foi criada em 2008 e comprou vários projectos na área das minas, nomeadamente nos EUA. A empresa acabou por se reinventar, em 2012, e agora procura também investimentos na área tecnológica.


O lítio é um material muito procurado actualmente porque é a base para baterias de telemóvel e carros eléctricos.  


Recentemente, a empresa Slipstream Resources pediu a atribuição de direitos de prospecção destes três materiais na zona de Beça, nos concelhos de Boticas e Montalegre. Mais tarde, a mesma sociedade australiana requereu direitos para o Minho, nas zonas de Barcelos, Ponte de Lima, Viana do Castelo e Vila Verde.




pub