Telecomunicações Anacom vai ter mais dois economistas e mais uma jurista

Anacom vai ter mais dois economistas e mais uma jurista

João Miguel Coelho, Paula Meira Lourenço e Sandro Mendonça são os nomes propostos para ocuparem os lugares vagos no regulador das telecomunicações.
Anacom vai ter mais dois economistas e mais uma jurista
Alexandra Machado 18 de dezembro de 2017 às 19:24
João Miguel Coelho, Paula Meira Lourenço e Sandro Mendonça são os nomes propostos para irem para a administração da Anacom, anunciou o Ministério do Planeamento.

Após um processo de selecção que não foi bem sucedido, depois de, no Parlamento, os deputados não terem dado parecer positivo às propostas de Dalila Araújo e Margarida Sá Costa e Francisco Cal, as duas primeiras por ligações à Altice/PT.

Agora, o Governo volta a fazer nova proposta, submetendo os novos nomes à apreciação da Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (CReSAP) e que depois serão ouvidos na Assembleia da República.

Para ocupar os lugares já deixados por João Confraria e Hélder Vasconcelos e o que será deixado pelo actual vice José Perdigoto (que ainda se mantém em funções à espera da nomeação dos novos elementos), o Governo propõe dois economistas e uma jurista.

Um dos economistas sairá do Banco de Portugal, a origem do actual presidente da Anacom, João Cadete de Matos. João Miguel Coelho, mestre em Economia pela Universidade Nova de Lisboa e licenciado em Economia pelo ISEG, é economista do Banco de Portugal e coordena a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) da Assembleia da República desde Julho de 2012.

O outro economista é Sandro Mendonça, professor de economia no ISCTE e no ISEG.

Ligada à área do direito, Paula Meira Lourenço desempenha as funções de jurista na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários desde 2002 e deverá ser administradora da Anacom.

Se os nomes forem aprovados, a Anacom ficará assim com a administração completa de cinco elementos. Além dos três nomes propostos e do presidente João Cadete de Matos, a Anacom tem ainda como vogal Isabel Areia. João Cadete de Matos entrou para a Anacom este ano, com o mandato a iniciar-se a 15 de Agosto. Conforme tem dito, já imprimiu uma mudança no regulador. A administração deixou de funcionar por pelouros. 

(Notícia actualizada às 19:40 com mais informações)