Banca & Finanças APS apresenta aplicação móvel que simplifica declaração amigável em caso de acidente

APS apresenta aplicação móvel que simplifica declaração amigável em caso de acidente

A e-Segurnet é a aplicação desenvolvida pela Associação Portuguesa de Seguradores (APS) em colaboração com as seguradoras que operam no mercado nacional, numa alternativa à declaração amigável escrita, preenchida em caso de sinistro automóvel.
APS apresenta aplicação móvel que simplifica declaração amigável em caso de acidente
Hugo Rainho/Correio da Manhã
Negócios 30 de Novembro de 2016 às 16:56

A aplicação móvel foi apresentada esta quarta-feira, 30 de Novembro, no Centro Cultural de Belém, através do presidente José Galamba de Oliveira e Maria Manuel Silva, directora de Comunicação e Apoio ao Mercado. O evento surge no seio da conferência anual da APS.

 

Nas palavras de José Galamba, a aplicação pretende ser "simples, prática e fácil de utilizar". Maria Manuel Silva aponta para três vantagens da e-Segurnet: simples, prática e rápida. Apesar de ser uma forma mais fácil e dinâmica de lidar com o registo de acidentes, a aplicação não pretende substituir a declaração amigável em papel.

 

O serviço apresentado é completamente gratuito e está disponível para iOS, Android e Windows Phone.

 

O utilizador regista-se na aplicação através de um username, uma palavra-passe, o e-mail e o número de telemóvel. A conta apenas é activada após a validação via SMS e correio electrónico.

 

Dentro da aplicação, o utilizador tem acesso a um modo de demonstração, que permite simular o registo do sinistro e um possível envio às seguradoras. Esta modalidade permite assim que as pessoas se habituem à plataforma, para mais facilmente preencher os dados necessários numa situação real, avança Maria Manuel Silva.

 

A partir da e-Segurnet é possível preencher e consultar os dados pessoais do utilizador e dos veículos. Na plataforma podem ser incluídos veículos pessoais, de trabalho, e de outros membros do agregado familiar.

 

Em caso de acidente em que os intervenientes têm a aplicação, ambos podem interagir a partir da e-Segurnet. A aplicação permite adicionar o segundo veículo envolvido no acidente através da leitura de um código QR, que introduz automaticamente os dados do automóvel.

 

O aplicativo admite um acesso sem registo. Caso alguém com a aplicação testemunhe um acidente, este pode registar no seu smartphone a ocorrência e enviar a declaração amigável para as seguradoras dos indivíduos envolvidos no sinistro.

 

Na hora do registo do acidente é possível determinar a hora e o local, os dois veículos envolvidos e ainda conceber um esquema, onde se pode representar graficamente o acidente, movendo as imagens dos veículos, configurando o tipo da via, indicando os sentidos em que os automóveis seguiam, e ainda acrescentar obstáculos e outros veículos presentes.

 

O registo do sinistro inclui ainda opções de dados das testemunhas e o carregamento de fotografias da ocorrência. A aplicação pode ser utilizada em ambiente offline, sendo apenas preciso uma ligação à Internet para enviar os documentos e os dados para as seguradoras.

 

Posteriormente, a plataforma permite preencher os dados correspondentes ao verso da declaração amigável. O serviço cria a partir daí um ficheiro PDF, que corresponde ao habitual documento completamente preenchido.

 

Embora o serviço seja concebido em primeiro lugar para smartphones, o registo de acidentes também pode ser feito via web, no portal www.e-segurnet.pt.

 

Apesar da aplicação apenas contemplar o registo de sinistros automóveis, José Galamba afirma que a associação está a trabalhar no sentido de incluir outros tipos de sinistros que não os automóveis.

 

A aplicação e-Segurnet vem no sentido de uma nova forma de enfrentar a actual burocracia ligada aos seguros automóveis. Num sector "ainda tradicional, com processos ainda muito manuais e mediadores", José Galamba de Oliveira, recentemente nomeado como presidente da APS, pretende a partir de agora analisar e agilizar processos, passando pelas novas tecnologias.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Rogério Há 2 dias

"O serviço apresentado é completamente gratuito e está disponível para iOS" Bom, parece que não está a funcionar, eu não consigo instalar!

condutor Há 2 dias

Que comentário anterior tão parvo. Uma pessoa tem um acidente, numa estrada, numa rua, e tem de ter à sua disposição uma declaração amigável em suporte de papel. Por mim, enquanto poder, utilizarei a aplicação. Pior é ter acidentes com pessoas que fazem comentários desses.

Ideia totalmente inviável e abstrusa Há 2 dias

Que coisa tão parva.
Uma pessoa tem um acidente, numa estrada, numa rua, e tem de ter à sua disposição meios informáticos para fazer a respectiva Declaração Amigável.
Por mim, enquanto poder, continuarei a utilizar a Declaração Amigável em suporte de papel.

pub