Empresas Armatis quer contratar mais de mil trabalhadores em Portugal até final do ano

Armatis quer contratar mais de mil trabalhadores em Portugal até final do ano

A empresa francesa de "contact centers" anunciou que vai reforçar o investimento no mercado português, onde tem a ambição de chegar à liderança do sector.
Armatis quer contratar mais de mil trabalhadores em Portugal até final do ano
A Armatis tem cinco "contact centers" em Portugal
Nuno Carregueiro 18 de setembro de 2017 às 15:02

A Armatis vai reforçar o investimento no mercado português, de acordo com o plano relevado pela empresa francesa que actua na área dos "contact centers" que prevê a contratação de 1.050 novos colaboradores até ao final deste ano.

 

"Este crescimento confirma a ambição da multinacional francesa em tornar-se um dos líderes do sector em Portugal, com base no desenvolvimento de operações com novos clientes nacionais e internacionais e apostando numa formação diversificada para os seus colaboradores, procurando garantir um crescimento sustentado e de qualidade", refere um comunicado emitido pela empresa.

 

Se concretizar a contratação de mais de mil pessoas, a força de trabalho da Armatis em Portugal irá crescer mais de 50%, uma vez que neste momento emprega mais de 2.000 colaboradores.

 

"Devido ao acelerado crescimento do negócio doméstico e nearshore, [a Armatis] pretende contratar 1.050 novos colaboradores até ao final do ano, para funções de gestão de cliente, supervisão e formação", refere o mesmo comunicado, sem especificar as geografias onde pretende reforçar o quadro de pessoal.

 

A empresa francesa chegou a Portugal em 2012 e instalou-se no Porto, tendo então criado mais de duas centenas de postos trabalho. Desde então, abriu centros em Lisboa e nas Caldas da Rainha, e uma nova plataforma de gestão de clientes à distância na cidade Invicta.

 

Mais recentemente, no passado mês de Maio, anunciou a abertura de um centro na cidade de Guimarães, tendo para o efeito lançado uma campanha de recrutamento de mais de 400 pessoas. Na altura dizia ter 2.500 trabalhadores em Portugal, bem acima dos agora 2.000 referidos.

Antes disso, em Outubro do ano passado, a empresa francesa reforçou a presença em Portugal através da aquisição da ES Contact Center (mais de 40% desta cotada estava nas mãos do Novo Banco e era conhecida apenas por Contact).

 

A Armatis tem actualmente cinco centros de atendimento em Portugal. No mercado europeu tem 23 centros e emprega mais de 10 mil pessoas.

 

"Portugal é um país estratégico nos planos de expansão da Armatis-lc. Trata-se de um mercado já consolidado em termos de prestação de serviços de Customer Experience Management para todo o mundo, com uma qualidade superior em relação a outras geografias." afirma Carlos Moreira, director-geral da Armatis Iberia.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
xras45 Há 3 dias

Vendem banha da cobra ! Trabalho escravo de 6 dias por semana. Horários sempre a mudar

5640533 Há 4 dias

E quanto pagam?

pub
pub
pub
pub