Turismo & Lazer Associação investe 2,5 milhões na rede de aldeias da Serra da Estrela

Associação investe 2,5 milhões na rede de aldeias da Serra da Estrela

Criada em 2013, integrando inicialmente dez aldeias do município de Seia, no distrito da Guarda, a ADIRAM foi depois alargada a mais oito concelhos.
Associação investe 2,5 milhões na rede de aldeias da Serra da Estrela
Lusa 28 de dezembro de 2016 às 18:02

A Associação de Desenvolvimento Integrado da Rede de Aldeias de Montanha (ADIRAM) prevê investir 2,5 milhões de euros até 2020 na valorização de recursos dos municípios ligados à Serra da Estrela, disse hoje o novo presidente do organismo.

 

José Francisco Rolo, vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, no distrito de Coimbra, foi hoje eleito para a liderança da ADIRAM, que reúne entidades públicas e privadas de nove concelhos, em representação de cerca de 40 aldeias.

 

"A nossa motivação é a valorização do interior", integrados num "esforço nacional que visa criar essas condições de desenvolvimento" em territórios que são maioritariamente de baixa densidade demográfica, declarou Francisco Rolo à agência Lusa.

 

Criada em 2013, integrando inicialmente dez aldeias do município de Seia, no distrito da Guarda, a ADIRAM foi depois alargada a mais oito concelhos.

 

Entre outros membros, fazem também parte da nova direcção, eleita em lista única para um mandato de dois anos, numa reunião realizada na Junta de Freguesia de Cabeça, concelho de Seia, os presidentes das câmaras da Guarda e Gouveia, Álvaro Amaro e Luís Tadeu, respectivamente, ambos como vice-presidentes da associação.

 

Francisco Rolo disse que, ao abrigo da presente versão do Programa de Valorização Económica de Recursos (PROVERE), "a associação está a negociar" um financiamento comunitário de 2,5 milhões de euros, admitindo que este montante possa aumentar para três milhões de euros.

 

O autarca salientou a importância de promover o turismo na área da ADIRAM, bem como outras actividades e negócios que contribuam para "atrair visitantes e criar emprego", a fim de inverter a tendência de desertificação das aldeias serranas nas últimas décadas.

 

Francisco Rolo sucede na presidência da direcção a Jorge Brito, actual secretário executivo da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra, que passa a presidir à Assembleia Municipal da ADIRAM.

 

Seia, Oliveira do Hospital, Fornos de Algodres, Celorico da Beira, Gouveia, Manteigas, Guarda, Fundão e Covilhã, nos distritos de Coimbra, Guarda e Castelo Branco, são os municípios que integram a associação.


A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub