Desporto Atlético de Madrid impedido de contratar jogadores

Atlético de Madrid impedido de contratar jogadores

O Tribunal Arbitral do Desporto confirmou a sanção imposta pelo Comité de Disciplina da FIFA. O clube madrileno furou as regras para a contratação de jogadores menores e só poderá voltar a fazer aquisições em Janeiro de 2018.
Atlético de Madrid impedido de contratar jogadores
Negócios 01 de junho de 2017 às 09:48
O Atlético de Madrid, terceiro classificado da liga espanhola, não vai poder contratar futebolista até Janeiro de 2017. O impedimento foi confirmado esta quinta-feira, 1 de Junho, pelo Tribunal de Arbitragem Desportivo (TAS, na sigla em inglês), segundo avança o El País.

Esta sanção havia sido imposta em Janeiro deste ano pelo Comité de Disciplina da FIFA, devido a irregularidades cometidas pelo Atlético de Madrid na contratação de jogadores menores de idade. O clube madrileno recorreu da decisão, mas o TAS acabou agora por confirmar o castigo.

O Atlético Madrid, que se prepara para inaugurar um novo estádio no início da próxima época desportiva, 2017/2018, não terá assim possibilidade de qualquer jogador para apresentar à massa associativa. O Atlético Madrid, treinado pelo argentino Diego Simeone, corre ainda o risco de perder a sua maior estrela, o avançado Antoine Griezman.

As autoridades que superintendem o futebol investigaram o Atlético Madrid em 183 casos, concluindo que o clube violou em 65 as regras estipuladas nos regulamentos da FIFA para a contratação de jogadores menores de idade.

o Atlético de Madrid estava em negociações para a contratação dos avançados Diego Costa (Chelsea), Sandro (Málaga), Lacazette (Lyon) e Vitolo (Sevilha) e do médio Fabinho (Mónaco). Agora, terá que convencer estes jogadores a ficarem sem jogar até Janeiro, uma tarefa muito difícil, dado que alguns deles têm ambições a serem convocados, pelas suas selecções, para o Mundial que se disputa no próximo ano na Rússia.



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub