Automóvel Autoeuropa: Sindicato espera que administração apresente nova proposta na quarta-feira

Autoeuropa: Sindicato espera que administração apresente nova proposta na quarta-feira

Os sindicatos da fábrica da Volkswagen vão-se reunir com a administração na quarta-feira. A compensação sobre o trabalho ao sábado vai ser o grande tema em cima da mesa, depois dos trabalhadores terem chumbado a proposta anterior.
Autoeuropa: Sindicato espera que administração apresente nova proposta na quarta-feira
Autoeuropa
André Cabrita-Mendes 01 de agosto de 2017 às 22:05
A administração da Autoeuropa vai reunir-se esta quarta-feira com os sindicatos da fábrica. Os encontros com os sindicatos Site Sul e SIMA estavam marcados para a semana passada, mas acabaram por ser adiados para esta semana, num momento em que trabalhadores e a empresa ainda não chegaram a acordo sobre a compensação pelo trabalho ao sábado, depois de seis meses de negociação.

"Depois da proposta da empresa ter sido claramente derrotada em referendo, esperamos que na quarta-feira a administração apresente uma outra proposta que não colida com os interesses e os direitos dos trabalhadores", disse ao Negócios o responsável da federação sindical Fiequimetal, Manuel Bravo, a que pertence o sindicato Site Sul, afecto à CGTP. O responsável sindical garante que a greve marcada para 30 de Agosto continua de pé. 

As reuniões vão ter lugar dias depois dos trabalhadores da Autoeuropa terem rejeitado o acordo proposto pela administração, com mais de 70% das pessoas que votaram no referendo a chumbar a proposta. No entanto, das reuniões de quarta-feira não vai sair nenhum acordo, pois só a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa é que tem poder para negociar com a administração.

"A administração da Volkswagen Autoeuropa está a analisar o impacto dos resultados do referendo da passada semana. Esta reunião, que já estava prevista, insere-se nesse processo de análise", afirma fonte oficial da Autoeuropa.

Foi na madrugada de quinta-feira, 27 de Julho, que a administração e a comissão de trabalhadores da Autoeuropa chegaram a um acordo de princípio sobre a remuneração do trabalho ao sábado. Acordo 

Actualmente a Autoeuropa não trabalha ao sábado, mas o sexto dia de trabalho vai ser introduzido devido ao início de produção do novo modelo - o SUV T-Roc - que vai disparar a produção para mais de 200 mil automóveis em 2018, face aos 90 mil produzidos em 2016.

O acordo de princípio previa um pagamento mensal de 175 euros adicional ap previsto na lei, 25% de subsídio de turno e um dia adicional de férias. Estas medidas representam um aumento mínimo de 16% no rendimento mensal dos trabalhadores que trabalharem ao sábado.



pub