Banca & Finanças Banca portuguesa volta a reduzir financiamento junto do BCE

Banca portuguesa volta a reduzir financiamento junto do BCE

É o segundo mês consecutivo em que a dependência em relação ao Banco Central Europeu se reduz. Está agora a mil milhões de chegar ao valor mais baixo desde 2010.
Banca portuguesa volta a reduzir financiamento junto do BCE
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 14 de junho de 2017 às 12:35

O recurso da banca portuguesa a financiamento junto do Banco Central Europeu (BCE) voltou a cair em Maio, pelo segundo mês consecutivo, tendo alcançado os 23,2 mil milhões de euros.

De acordo com os dados conhecidos esta quarta-feira, 14 de Junho, disponibilizados pelo Banco de Portugal, num mês o financiamento junto da autoridade monetária europeia recuou em 210 milhões de euros (menos 0,89%), depois de Março e Abril terem interrompido o período anterior de dois meses consecutivos de descida.

Desde meados de 2013 que a cedência de liquidez se tem vindo a reduzir consistentemente, tendo alcançado em Novembro do ano passado o valor mais baixo desde 2010, em 22,2 mil milhões de euros. Há mais de dois anos que o valor não supera os 30 mil milhões de euros.

O pico da dependência da banca portuguesa em relação ao BCE deu-se em Junho de 2012, em pleno programa de assistência económica e financeira ao país, quando atingiu os 60,5 mil milhões de euros, altura em que o financiamento nos mercados de dívida estava fechado ao país.


A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Conselheiro de Trump Há 1 semana

Como vao os bancos poderem pagar esta horrorosa divida?Se a divida bancaria nao estiver ao nivel da divida publica nao ha-de caber uma mortalha entre.

ANDAM A MARRAR o BCP para BAIXO Há 1 semana

ENTÃO E A MINA DE OURO MILENIUM BCP LIVRA QUE SÃO COMO OS BURROS TÊM UMAS PALAS NA CABEça E SÓ VÊM A PHAROL Á FRENTE E NADA MAIS livraaaaaaaaaaaaaa

Anónimo Há 1 semana

Normal, se em 2 anos desapareceram 3 bancos em Portugal...

Para bom entendor... Há 1 semana

...sem mais comentários sobre o que isto significa quanto à saude financeira dos bancos portugueses...

pub