Banca & Finanças Banco de Portugal aplicou 317 mil euros em coimas no terceiro trimestre

Banco de Portugal aplicou 317 mil euros em coimas no terceiro trimestre

O Banco de Portugal instaurou 31 processos ao longo do terceiro trimestre do ano. A maior parte dos processos está relacionada com questões comportamentais.
Banco de Portugal aplicou 317 mil euros em coimas no terceiro trimestre
Bruno Simão/Negócios
Sara Antunes 17 de outubro de 2017 às 13:25

"No decurso do terceiro trimestre de 2017 o Banco de Portugal instaurou 31 e decidiu 55 processos de contra-ordenação", revela a autoridade liderada por Carlos Costa num comunicado emitido esta terça-feira, 17 de Outubro.

 

Entre os processos decididos, a esmagadora maioria (38) estavam relacionados com "infracções de natureza comportamental". 15 decisões debruçaram-se sobre processos de natureza prudencial, "uma sobre infracções a deveres respeitantes à prevenção do branqueamento de capitais e do financiamento do terrorismo e uma versa sobre infracções às regras em matéria de recirculação de numerário", adianta a mesma fonte.

 

No âmbito destas 55 decisões, o Banco de Portugal proferiu quatro admoestações e aplicou coimas no valor total de 317 mil euros, sendo que destes 10 mil euros foram "suspensos na sua execução".

 

A autoridade financeira revela assim a síntese da actividade sancionatória referente ao terceiro trimestre, onde não são revelados os casos analisados. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Camponio da beira Há 4 dias

Hé certos escroques que deviam pagar multa ´por existirem

pub