Banca & Finanças BCE exigiu autonomia salarial na Caixa
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

BCE exigiu autonomia salarial na Caixa

A falta de autonomia salarial da CGD foi uma das críticas feitas pelo BCE na supervisão à governação do banco. Política remuneratória também decorre da lógica privada da capitalização que evitou regras das ajudas de Estado.
BCE exigiu autonomia salarial na Caixa
Miguel Baltazar
Maria João Gago 21 de outubro de 2016 às 00:01

A autonomia da política salarial da gestão e dos trabalhadores da Caixa Geral de Depósitos face ao Orçamento do Estado e ao poder político, introduzida com a nomeação da equipa de António Domingues,)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião16
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG 20.10.2016

O BCE exigiu autonomia salarial?!... mas que trampa é esta? então já não é o dono da empresa que trata das remunerações dos seus empregados?

E o BCE é a nova mafia que exige previlégios para as suas secursais?

Isto anda tudo maluco e o desfecho não poderá ser bom.

comentários mais recentes
Luís 23.10.2016

A maior Vergonha de sempre; Reformaram-se do BPI e ainda recebem Salários milionários, mais Prémios, Carro, Cartões de crédito, gasolina, seguros... com dinheiro público

Desanimado 21.10.2016

Autonomia salarial também existia no BPN, BES, BPP, BANIF só para falar em Portugal.
Quem é que pagou a autonomia salarial ...o contribuinte..claro!

ISTO É TUDO TÃO REVOLTANTE!!!

Continuo a dizer 21.10.2016

Enquanto um destes não levar um tiro na cabeça nada vai mudar.

AVerVamos 21.10.2016

Se a minha memória não me atraiçoa, e estou certo que não, este era o geverno da guerrilha contra Bruxelas, BCE, FMI!!! Afinal temos guerrilha ou temos BANANAS a governar?
Ou eventualmente temos geringonços que querem MESMO e desesperadamente voltar ao passado. OS BOYS em todo o lado! Salários recheados, para que futuramente os BOYS possam degustar a sua bela vida em instituições "amigas"..
Qualquer parolo, mesmo que geringonço, desde que queira usar os neurónios olha para trás no tempo e diz,

DÈJÁ VUS!!!

Quem apoia isto e esta geringonça nada mais é que um lacaio dos seus Srs. Mas existe uma data no ano que gritam e vociferam palavras de ordem. Tenham VERGONHA!

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub