Banca & Finanças BCP espera que mercado valorize fim do risco de nacionalização
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

BCP espera que mercado valorize fim do risco de nacionalização

O aumento de capital do BCP afasta o risco de nacionalização que existia até à devolução da ajuda estatal. BCP espera que mercado valorize o fim deste fantasma que a crise angolana atrasou.
BCP espera que mercado valorize fim do risco de nacionalização
Bruno Simão
Maria João Gago 13 de janeiro de 2017 às 00:01

O aumento de capital de 1.330 milhões de euros que o BCP faz este mês afasta de vez o risco de nacionalização do banco. Para a equipa liderada por Nuno Amado, o fim deste fantasma, possível com a conclusão do reembolso

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Jl 13.01.2017

Outro...só faltava mais este, qualquer dia o melhor é pôr uma cerca e fica tudo a pertencer ao Estado, tenham vergonha

Anónimo 13.01.2017

O desastre da banca nacional é a prova provada que a direita é incompetente a gerir o dinheiro dos outros... dizem que o socialismo acaba quando acaba o dinheiro dos outros... pois parece que o socialismo não acaba com o dinheiro dos outros... quem acaba com o dinheiro são os neoliberais...

Só berrais nas redes sociais e cafés."ELES" só vos 13.01.2017

Ó seus "CAMELOS"
Quando será que perdem a cobardia e fazem como fizerem umas centenas largas de ESPOLIADOS do BES ?? Têm VERGONHA é ? De quê? De estarem constantemente a serem ROUBADOS ?
Se não sabem o que fazer ao vosso dinheiro,dêem-no ao pobres,que precisam mais que os 400 mil/ano do desAmado.

Camponio da beira 13.01.2017

Para quem há uns meses atrás referiu que ponderanva ir à corrida do n ovo banco, e afinal nem para pagar as dividas, vê-se o que ele percebe de contas e de bancos.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub