Desporto Benfica avança com emissão de obrigações

Benfica avança com emissão de obrigações

A CMVM ainda não aprovou a operação mas há um pedido para uma nova emissão de títulos de dívida do SLB, noticiou o Expresso no sábado. Esta segunda-feira, o Eco indica que o Montepio já promovia a venda das obrigações no seu site.
Benfica avança com emissão de obrigações
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 14 de março de 2017 às 13:23

O Benfica vai avançar com uma emissão de obrigações. A notícia foi avançada pelo Expresso no sábado passado e esta segunda-feira o Montepio, sem querer, começou a vender os títulos, como deu conta o Eco. Só que há um problema: a operação ainda aguarda o aval da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

 

O semanário Expresso indicou, no sábado passado, que a sociedade anónima desportiva (SAD) da Luz vai emitir um empréstimo obrigacionista de entre 40 e 50 milhões de euros. O Benfica não quis comentar a operação ao jornal, que indica que esta operação servirá para a empresa reduzir a dívida que tem perante a banca. Na prática, vende dívida a curto prazo para ter dívidas mais longas, reduzindo os custos de tesouraria. 

 

O Eco deu mais pormenores por conta da oferta que, por erro, foi colocada no site do Montepio e, depois da notícia, retirada. Em causa está uma oferta pública de subscrição de obrigações destinada ao público em geral, isto é, que pode ser vendida aos balcões dos bancos, como os clubes de futebol já fizeram no passado. O valor total das obrigações, com vencimento marcado para 2020, seria de 10 milhões de euros. Até já havia prazo: 27 de Março a 5 de Abril.

 

Só que estes valores podem não ser finais. A operação ainda não foi autorizada. A CMVM não deu ainda a luz verde à operação, pelo que o prospecto, onde serão indicados, por exemplo, os riscos inerentes à sociedade, ainda não foi publicado.

 

Não foi possível falar ainda com Benfica nem com o regulador do mercado de capitais, contactados ao início da manhã desta terça-feira, 14 de Março, pelo Negócios.

 

Segundo explicou Soares Oliveira, administrador com o pelouro financeiro da SAD encarnada, ao Negócios/Antena 1 em Setembro passado, a política relativa às obrigações passa por uma nova emissão a cada ano, pelo que seria expectável que, em 2017, houvesse uma nova série com maturidade até 2020. 

 

Em 2016, a emissão de 50 milhões de euros, que teve o Haitong e o Montepio como intermediários financeiros, vence em 2019 e foi feita a uma taxa de 4,25%. 


A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Carlos Pinto 14.03.2017

As emissões de obrigações são unicamente para substituir os empréstimos bancários, porque os bancos têm instruções do Banco de Portugal para reduzir a exposição aos clubes de futebol!!!!

david ferreira 14.03.2017

Com os bancos a não concederem crédito aos 3 clubes,a solução é enganar otários a subscrever emp.obrig!E como uns,pagam os outros,o bolo é cada vez maior!Por mim, continuem assim! Como adepto do SCBraga,e que luta com as armas que luta, tudo o que ajudar ao afundanço dos 3 é bem vindo !

Zé do boné 14.03.2017

Isto é uma verdadeira dona branca .O capital que entra é para pagar o que vai ser pago e mais os juros . um empréstimo obrigacionista em certas condições é útil ,já não se compreende que ano após ano seja feito .Um dia a casa vem abaixo e não é o Orelhas nem o Soares Oliveira os abusados !CMVM?

Anónimo 14.03.2017

Isto é um País falido, doente e sem emenda. Isto é so para os incautos, paga-se a dívida com mais dívida. Bem razão tinha o "Outro" a dívida nunca é para ser paga, ou seja, isto é o chamado "Roulement"...

ver mais comentários
pub