Desporto Benfica confirma venda de Nélson Semedo ao Barcelona por 30,5 milhões

Benfica confirma venda de Nélson Semedo ao Barcelona por 30,5 milhões

A SAD encarnada comunicou à CMVM que chegou a acordo para a transferência do internacional português para o Barcelona por uma verba ligeiramente superior a 30,5 milhões de euros. Os cofres da Luz poderão ainda receber 5 milhões de euros mediante objectivos.
Benfica confirma venda de Nélson Semedo ao Barcelona por 30,5 milhões
Cofina Media
David Santiago 14 de julho de 2017 às 18:45

Está oficialmente confirmada a transferência do defesa-direito Nélson Semedo para O FC Barcelona. Em comunicado enviado ao final da tarde desta sexta-feira, 14 de Julho, à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD do SL Benfica informa o regulador que alcançou acordo com o clube da Catalunha para a "transferência a título definitivo" do internacional luso pelo montante de 30,57 milhões de euros.

 

Na nota enviada à CMVM, a SAD encarnada acrescenta que no negócio "estão previstos valores adicionais dependentes da concretização de objectivos relacionados com a performance desportiva do jogador".

Objectivos que poderão fazer chegar aos cofres da Luz mais 5,09 milhões de euros "por cada 50 jogos oficiais disputados pelo atleta" ao longo da duração do contrato assinado por Semedo com o Barcelona e "da eventual primeira renovação do referido contrato". No entanto não foi ainda avançada a duração do vínculo que irá ligar o agora ex-Benfica ao principal clube da Catalunha.

 

Em declarações já feitas na apresentação como futebolista do Barcelona, Nélson Semedo, citado pelo jornal AS, diz que "todos os jogadores querem jogar no Barça e eu não sou excepção".

 

(Notícia actualizada às 19:11)




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub