Desporto Benfica e Porto entram em campo a lutar por 12 milhões de euros

Benfica e Porto entram em campo a lutar por 12 milhões de euros

O Benfica defronta o Nápoles para garantir a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões. E na quarta-feira será a vez do Porto encontrar o Leicester, estando também em jogo a passagem à próxima fase da prova. Águias e dragões podem conquistar pelo menos mais 12 milhões de euros.
Benfica e Porto entram em campo a lutar por 12 milhões de euros
Miguel Araújo
David Santiago 06 de dezembro de 2016 às 16:13

Chegar aos oitavos de final da Liga dos Campeões assegura que tanto o Benfica como o Porto podem arrecadar pelo menos mais 12 milhões de euros, 6 milhões cada. Dependendo do resultado com que essa passagem seja garantia a quantia a receber da UEFA pode aumentar.

 

Primeiro o Benfica, que joga já esta terça-feira, 6 de Dezembro, contra o Nápoles no Estádio da Luz. Nesta altura está tudo em aberto para o clube encarnado, que pode passar aos oitavos em primeiro lugar, em segundo ou até mesmo ficar em terceiro, o que significaria ser relegado para a Liga Europa.

 

Se vencer os italianos o Benfica assegura o primeiro lugar, o que significa que além dos 6 milhões de euros relativos à passagem de fase, as águias receberiam ainda os 1,5 milhões de euros atribuídos por cada vitória conseguida na fase de grupos.

 

Se empatar e o Besiktas não vencer, o Benfica passa na mesma embora em segundo lugar do grupo (porque apesar de estarem empatadas com o Nápoles as águias ficariam atrás devido ao confronto directo uma vez que perderam o jogo realizado no sul de Itália). Neste cenário, aos 6 milhões de euros os encarnados somariam apenas os 500 mil euros atribuídos por cada empate conseguido na fase de grupos.

 

Contudo o Benfica poderá até perder e passar, isto se o Besiktas não vencer o jogo de hoje. Neste caso os encarnados somariam somente o já referido prémio de passagem à próxima fase de 6 milhões de euros.

 

Também o Porto depende do que acontecer na última sexta e última jornada da fase de grupos para garantir a passagem aos oitavos de final. Nesta altura os dragões já não podem ser primeiros nem quartos, estando em causa se permanece no segundo lugar (que assegura a passagem) ou se cai para a terceira posição (que garante presença na Liga Europa).

 

Os azuis e brancos passam aos oitavos se vencerem, no Dragão, o jogo de amanhã contra os ingleses do Leicester, se empatarem com os campeões ingleses em título e o Copenhaga não ganhar ou, por último, mesmo que percam caso os dinamarqueses não vençam.

 

Tal como o Benfica, aos 6 milhões de euros atribuídos pela passagem à próxima fase, os dragões podem ainda somar 1,5 milhões de euros se vencerem o Leicester ou 500 mil euros se empatarem com o clube inglês.

 

Benfica e Porto já amealharam perto de 33,4 milhões

 

Até ao momento já entraram 16,7 milhões de euros, tanto nos cofres do Benfica como do Porto. Além dos 12,7 milhões de euros conseguidos pelo simples facto de participarem na fase de grupos da Liga dos Campeões, águias e dragões registaram até ao momento duas vitórias, dois empates e uma derrota. Registo este que confere aos dois clubes portugueses uma quantia de 4 milhões de euros.

Contas feitas, os dois clubes já encaixaram em conjunto 33,4 milhõões de euros, valor que pode crescer de forma substancial caso consigam passar à fase seguinte.

Na sessão bolsista desta terça-feira, as acções da SAD benfiquista estão a subir 0,22% para 0,992 euros, num dia em que já foram transaccionados quase 5,5 mil títulos, valor que compara com a média diária dos últimos seis meses de menos de 2,5 mil acções. Já os títulos da SAD portista recuam 18,31% para 0,58 euros numa sessão em que trocaram de mãos apenas 72 títulos accionistas, o que compara com a média diárias do último meio ano que é superior a 1,2 mil acções. Desde o início do ano a SAD do Benfica já perdeu 4,62% do seu valor em bolsa, enquanto a SAD do Porto desvalorizou 17,14% no que leva o ano de 2016. 

 

Nota ainda para o Sporting que, apesar de já não dispor de hipóteses para continuar em prova, conseguiu amealhar 14,7 milhões de euros (12,7 milhões pela presença na fase de grupos e 2 milhões relativos a uma vitória e um empate) na edição deste ano da Liga dos Campeões. 




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 06.12.2016


DIZIAM QUE O HOLLANDE ERA O MAIOR… QUE IA AFRONTAR A MERKEL.

Afinal foi apenas mais uma bosta socialista.

comentários mais recentes
Anónimo 06.12.2016


OS FP / CGA SÃO TODOS LADRÕES

O défice orçamental do OE 2017, é de 3016 milhões de Euros...

e o buraco anual das pensões dos FP / CGA em 2017, é de 4600 milhões de Euros.

CONCLUSÃO: SÓ EXISTE DÉFICE EM 2017, DEVIDO AO BURACO DA CGA!


Anónimo 06.12.2016


DIZIAM QUE O HOLLANDE ERA O MAIOR… QUE IA AFRONTAR A MERKEL.

Afinal foi apenas mais uma bosta socialista.

Mr.Tuga 06.12.2016

Espero que vão os 2 com o carvalho!

Estou saturado destes asnos de chutadores de bola, ainda por cima sem tugas! Só Sul-Americanos...

Parece um campeonato das Américas. Uma tristeza! Uma imbecilidade!

pub