Desporto Benfica vai pedir indemnização de 50 milhões ao FC Porto por causa dos e-mails

Benfica vai pedir indemnização de 50 milhões ao FC Porto por causa dos e-mails

O Benfica está a preparar um ataque em força à divulgação de e-mails por parte do director de comunicação do FC Porto. Os encarnados deverão acusar os dragões de concorrência desleal, acesso ilegítimo a correspondência privada, difamação e violação de segredo de negócio.
Benfica vai pedir indemnização de 50 milhões ao FC Porto por causa dos e-mails
Correio da Manhã
Negócios 04 de agosto de 2017 às 10:22

O caso dos e-mails deverá levar o FC Porto a tribunal. De acordo com o Correio da Manhã, o Benfica tem praticamente finalizada a estratégia de defesa e vai pedir uma indemnização de 50 milhões de euros aos azuis-e-brancos. Foi "formada uma equipa de advogados e consultores de quatro das mais conceituadas sociedades de advogados de Portugal" para preparar o processo.

 

O Benfica vai também avançar com um processo-crime contra Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, bem como contra a SAD do clube e contra o Porto Canal, acrescenta o jornal na edição desta sexta-feira.

 

O pedido de indemnização surge depois de o Benfica ter feito uma peritagem ao seu sistema informático, tendo concluído que o material divulgado pelo director de comunicação dos dragões, Francisco J. Marques, foi obtido através de um ataque informático e não por meio de uma fuga interna.

 

O caso dos e-mails começou depois de Francisco J. Marques ter divulgado documentos ligados ao Benfica. Inicialmente, o responsável denunciou a existência de uma "cartilha", um conjunto de orientações que emanavam do clube e eram enviadas aos comentadores afectos aos encarnados. Posteriormente, divulgou e-mails trocados entre Pedro Guerra, director de conteúdos da BTV, e o ex-árbitro Adão Mendes.

 

Foi também conhecida correspondência alegadamente trocada entre o bruxo guineense Armando Nhaga e Luís Filipe Vieira, para garantir as vitórias dos encarnados.

Benfica já pediu 40 milhões ao Sporting por causa dos vouchers

 

Assim que saíram para o espaço público, os e-mails levaram a PJ a abrir uma investigação por alegada corrupção desportiva. O Ministério Público também abriu uma investigação ao caso. A PJ também investiga o alegado crime informático que resultou na apropriação destes e-mails, por queixa do Benfica.

 

Pedro Guerra, entretanto, deverá deixar a BTV, mantendo-se como comentador afecto ao clube na TVI24, escreveu a Sábado.

 

O Benfica já tinha exigido uma indemnização de 40 milhões de euros ao Sporting depois de Bruno de Carvalho ter divulgado os "vouchers" que são entregues a todos os árbitros que apitam jogos na Luz.




pub