Banca & Finanças Bloco aperta o cerco a António Domingues

Bloco aperta o cerco a António Domingues

Bloco de Esquerda quer salários de gestores públicos limitados ao ordenado do primeiro-ministro. Iniciativa avança na discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2017.
Bloco aperta o cerco a António Domingues
Miguel Baltazar
Lusa 29 de Outubro de 2016 às 15:12

O líder parlamentar do Bloco de Esquerda (BE), Pedro Filipe Soares, anunciou este sábado que o partido vai apresentar no Parlamento uma iniciativa para limitar os salários dos gestores públicos ao ordenado do primeiro-ministro.

"Propomos que os salários dos gestores públicos, incluindo da Caixa Geral de Depósitos, não sejam superiores ao do primeiro-ministro, o cargo executivo mais importante do país", anunciou Pedro Filipe Soares esta tarde.

Nesse sentido, o BE quer eliminar as excepções criadas e dessa forma responder a vencimentos "inaceitáveis e incompreensíveis", apresentando a sua visão sobre a matéria na discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2017.

"Apresentaremos uma proposta justa, decente, razoável e adequada para acabar com esta vergonha nacional", continuou o líder da bancada do BE.

Pedro Filipe Soares elencou ainda alguns gestores públicos e não só - Zeinal Bava, Henrique Granadeiro e Ricardo Salgado - para defender que pagamentos "luxuosos" não são garantia de uma boa gestão.

"Não aceitamos que se faça uma chantagem sobre o próprio Estado" sobre os salários, disse ainda.

O bloquista anunciou a intenção do partido em Vila Real, na conferência de imprensa que fechou dois dias de jornadas parlamentares do partido tidas em Trás-os-Montes.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado 5640533 Há 4 dias

Não sei por que razão toda a gente quer a CGD pública. E a RTP.

comentários mais recentes
Anónimo Há 3 dias

O BE tem toda a razão do mundo e com tomadas de posição como esta o PS que se acautele. Força BE contra esta vergonha de vencimento e autocracia de Antonio Costa

Jose Alexandre Há 4 dias

Porque será que os "idiotas " dos Ingleses não estao preocupados com o ordenado do A.Hosório, 10 vezes superior ao de Domingues? Será porque economizaram dezenas de milhões? Mortagua para Presidente da CGD já, é preciso acabar com bancos capitalistas. Idiotas ao Poder queremos ser a Cuba da Europa.

5640533 Há 4 dias

Não sei por que razão toda a gente quer a CGD pública. E a RTP.

Resposta de gatogatoa 5640533 Há 4 dias

Pois. Nem eu. Nem a TAP. Nunca ouvi um argumento mais ou menos decente para ter uma empresa pública num mercado concorrencial.

Anónimo Há 4 dias

Com estas iniciativas estão com Passos no caminho da privatizaçao ou desaparecimento da CGD.

pub
pub
pub
pub