Energia Brasil aceita redução de tarifa da EDP Bandeirante

Brasil aceita redução de tarifa da EDP Bandeirante

A empresa de energia vai também baixar a tarifa anual na EDP Bandeirante, depois de em Agosto o regulador brasileiro ter aprovado a redução na EDP Escelsa. A redução é de 23,53%.
Brasil aceita redução de tarifa da EDP Bandeirante
Wilson Ledo 19 de Outubro de 2016 às 12:02

O regulador do sector energético brasileiro, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), deu luz verde para que a EDP Bandeirante reduza a sua tarifa anual em 23,53%.

A informação foi transmitida esta quarta-feira, 19 de Outubro, pela EDP num comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). O reajuste tarifário terá efeito entre 23 de Outubro deste ano e 22 de Outubro de 2017.


"No processo de reajustamento tarifário anual, a ANEEL considera a variação de custos que as empresas tiveram no decorrer de doze meses anteriores", pode ler-se no documento.


Já em Agosto, a ANEEL tinha aprovado o reajuste tarifário da EDP Escelsa no Brasil, com uma redução média de 2,8%.


A EDP no Brasil está presente no mercado de distribuição de electricidade através da EDP Bandeirante, no estado de São Paulo, e da EDP Escelsa, no estado do Espírito Santo.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
EDP - BULL Há 2 semanas

BULL, BULL, BULL, BULL, BULL, BULL :)

pub
pub
pub
pub