Aviação Bruxelas confirma multa de 776 milhões a 11 companhias aéreas de carga

Bruxelas confirma multa de 776 milhões a 11 companhias aéreas de carga

A Comissão Europeia confirmou hoje a decisão tomada em 2010 de multar em 776 milhões de euros 11 transportadoras aéreas de carga por cartelização de preços.
Bruxelas confirma multa de 776 milhões a 11 companhias aéreas de carga
Bloomberg
Lusa 17 de março de 2017 às 14:52
A decisão inicial, de Novembro de 2010, tinha sido anulada em Dezembro de 2015 pelo Tribunal de Justiça da União Europeia por um erro processual, entretanto corrigido.

Das 11 transportadoras multadas - Air Canada, Air France-KLM, British Airways, Cargolux, Cathay Pacific Airways, Japan Airlines, LAN Chile, Martinair, Qantas, SAS e Singapore Airlines - a francesa recebeu a fatia mais pesada (182 milhões de euros), seguindo-se a holandesa KLM (127 milhões), o que faz ascender a 310 milhões a sanção imposta ao grupo.

A britânica British Airways foi multada em 104 milhões de euros.

Inicialmente, eram 12 as transportadoras aéreas visadas no processo, mas a Lufthansa e a sua subsidiária Swiss International Air Lines receberam imunidade total por terem colaborado com a investigação.

A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub