Banca & Finanças Bruxelas está "em contacto" com Lisboa sobre CGD

Bruxelas está "em contacto" com Lisboa sobre CGD

A Comissão Europeia não se quer comprometer com respostas sobre a Caixa Geral de Depósitos. Bruxelas admite, contudo, que está em contacto com as autoridades nacionais mas não responde se há atrasos na capitalização.
Bruxelas está "em contacto" com Lisboa sobre CGD
Miguel Baltazar
Diogo Cavaleiro 17 de Novembro de 2016 às 08:00

"Estamos em contacto com as autoridades portuguesas". É assim que o gabinete de imprensa da Comissão Europeia respondeu esta quarta-feira, 16 de Novembro, a questões do Negócios sobre a Caixa Geral de Depósitos.

 

Foi a Direcção-Geral da Concorrência da Comissão Europeia que aceitou a capitalização do banco público, num total de 5.160 milhões de euros, em Agosto passado.

 

No entanto, Bruxelas não quis dizer se considerava que o processo, que será feito em várias fases e com dinheiros públicos mas também com injecção de privados na compra de obrigações, está atrasado.

 

Da mesma forma, o executivo comunitário também não comentou eventuais preocupações em relação à actual situação da administração do banco, referindo apenas o contacto que mantém com Portugal. 

 

Neste momento, continua em dúvida a continuidade de parte ou de toda a equipa de administração liderada por António Domingues devido à polémica em torno da não entrega da declaração de rendimentos no Tribunal Constitucional.

Ao Negócios, a comissão de trabalhadores da Caixa já disse que a prioridade não é a discussão dos salários da administração mas sim a capitalização.

O primeiro-ministro António Costa também já afirmou que, seja qual for a administração, o que interessa é capitalizar o banco: "A estabilidade da CGD é assegurada pelo plano de capitalização, que foi apresentado, aprovado pela Comissão Europeia e que tem condições de ser executado quer pelo Estado, quer pelo mercado".

 




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Boy Podre Há 2 semanas

Deve ser pelo famoso telefone vermelho

Rua com esta máfia Há 2 semanas

Investiguem esta gente que anda a esconder o que andou a ROUBAR.

Gatunos Há 2 semanas

A prioridade é ENRA::BAR A TUGALHADA com mais 5,1 mil milhões de euros, pois a Tugalhada adora votar nos bancos de ladroes que desgovernam Portugal.
ENRA::BAMENTOS DA TUGALHADA.
6 mil milhões no BPN
3,5 Mil milhões no BANIF
5,1 Mil Milhões na CGD
mais de 4 mil milhões no EX-BES
Mais de 3 mil milhões em SWAPS
etc.
Em Portugal não há limites para o povo ser en,ra,bado pois o povo adora ser roubado e posto na pobreza.

Centeno tem um sorriso de tótó Há 2 semanas

Ora, Centeno com riso de tótó foi pedir conselhos a Horta Osório! Um ministro das finanças da treta, deu a palavra dada ao Domingues e sua pandilha q ficavam isentos de apresentar as declarações de rendimentos e património, para poderem encher os bolsos! Mas ficou mal na fotografia, agora q se ria!!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub