Banca & Finanças Caixa: PS ignora polémica do salário de Macedo
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Caixa: PS ignora polémica do salário de Macedo

Foi problemático com António Domingues e já está a ser com Paulo Macedo, o seu sucessor. Mas o Governo segue irredutível: o salário é do presidente da Caixa, sem olhar a nomes.
Caixa: PS ignora polémica do salário de Macedo
Miguel Baltazar/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 05 de dezembro de 2016 às 00:01

O salário que o Governo decidiu atribuir ao futuro líder da Caixa Geral de Depósitos (CGD) está a gerar polémica. Bloco e PCP já o criticaram e o Presidente da República também. O Governo decidiu

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG 05.12.2016

Não admira. O PS é um ninho de irresponsáveis e oportunistas.

comentários mais recentes
JCG 05.12.2016

Jornalismo de merda*! Vejam o foco que a criatura dá ao seu escrito: a comparação da remuneração que o Macedo vai ter na CGD com a que teve em 2010 no BCP. Que trampa de jornalismo é este? Onde é que quer chegar com o arrazoado? O que é que quer provar?
Há uma evidência: Paulo Macedo recebeu demasiado, excessivo mesmo de um banco que pelos vistos ajudou a destruir, o BCP.
Qual é a situação hoje do BCP? Pelas ruas da amargura! Até os merdices que por lá mandam – e que continuam a abotoar-se como gente grande - chegaram ao ponto de dar o controlo do banco aos chineses por meia dúzia de patacos. E mesmo assim não arrebita.
O salário do Macedo deve ser comparado com 3 coisas: o salário mínimo nacional e o padrão de salários pagos no país; a situação da CGD que é sustentada com o esbulho aos acionistas e que precisa de um plano sério de controlo de custos; e as medidas acertadas no sentido de recuperar a CGD empreendidas pela equipa de gestão que só poderão ser avaliadas depois; não antes.

JCG 05.12.2016

Bom, já existem algumas associações. De que mal se ouve falar. Será porque são inoperantes? ou apenas porque não lhe dão tempo de antena?
É claro que as associações são aquilo que os associados fizerem delas e com elas. E, pela parte que me toca, assumo também as minhas insuficiências.
Duas associações: a Associação para a Transparência e Integridade - que é feito de Paulo Morais? Lembro-me que disse há tempos que se não tivesse mais apoio dos portugueses deixava-se de andar a perder tempo e a levar porrada à conta da ATI, e a APP - Associação Peço a Palavra, de me que fiz sócio, criada a propósito do caso TAP e tendo como figura mais saliente o António Pedro de Vasconcelos. Que é feito dessa associação?
É claro que é precisa muita energia e militância cívica e social para levar essas associações em frente e atacar questões pertinentes pois a força das forças contrárias é enorme e a indigência do sistema judicial dá cabo da paciência a um santo.

Não gostam? 05.12.2016

Emigrem, carrega Costa

pertinaz 05.12.2016

A ESQUERDALHA CANALHA ENGOLE SAPOS VIVOS TODOS OS DIAS

DO DESGOVERNO JÁ NÃO HÁ NADA DE POSITIVO A ESPERAR

QUANTO AOS DITADORES PIDESCOS ESTALINISTAS DO BLOCO E PCP...

... CALADINHOS QUE NEM RATOS...

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub