Banca & Finanças CaixaBank e Sabadell estudam retirada de sede da Catalunha

CaixaBank e Sabadell estudam retirada de sede da Catalunha

Esta quinta-feira, há reunião da comissão executiva do CaixaBank e a eventual mudança de sede é um dos temas, segundo avança o El Mundo. O El País diz que o Sabadell já decidiu sair da Catalunha. O objectivo é garantir a ligação ao BCE.
CaixaBank e Sabadell estudam retirada de sede da Catalunha
Reu
Diogo Cavaleiro 05 de outubro de 2017 às 10:30

Caja de Pensiones para la Vejez y de Ahorros de Cataluña y Baleares. Este é o nome da instituição financeira que deu origem ao La Caixa, accionista maioritário do CaixaBank. O banco dono do português BPI está agora a olhar novamente para aquele nome: há hipóteses de a sua sede sair da Catalunha para as Baleares. O Sabadell também poderá abandonar a região autónoma.

 

O jornal espanhol El Mundo adianta que há administradores do CaixaBank que querem preparar a mudança de sede, devido às incertezas trazidas por uma eventual declaração de independência da Catalunha. Também de acordo com a publicação, o presidente Jordi Gual é favorável a um plano de contingência.

 

Segundo o jornal, esta quinta-feira, 5 de Outubro, haverá reunião da comissão executiva do CaixaBank e o tema da alteração de sede estará na ordem de trabalhos.

 

Oficialmente, a instituição financeira diz ao El Mundo que não há decisões tomadas e que a sede social continua a ser Barcelona. O jornal ressalva que a sede social poderá mudar, mas a operacional manter-se, ou seja, o banco passaria a ser das Baleares, ainda que toda a operação central pudesse ficar em Barcelona, como até aqui. 

 

O El Pais fala, por sua vez, do Sabadell. Há uma reunião extraordinária agendada esta tarde para que a cúpula decida a mudança de sede, um passo que poderá ser tomado sem convocar uma assembleia de accionistas. Segundo o jornal, a decisão está tomada, falta apenas definir o destino.

O objectivo é garantir que cumpre as exigências legais para poder estar no Eurosistema, e garantir por exemplo o financiamento junto do Banco Central Europeu. 

 

Em bolsa, os dois bancos têm sido penalizados pela indefinição da situação da Catalunha, e com a indicação de que, na próxima semana, poderá ser declarada a independência unilateral da região. O CaixaBank está a perder hoje 0,74% para 3,884 euros, estando nas cotações mais baixas desde Abril. O Sabadell segue em valores a que não descia desde Março, estando a recuar 0,69% para 1,58 euros.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Pierre Ghost Há 2 semanas

Têm de o prender numa prisão andaluz...e sò deverà sair..quando tiver acento andaluz !!

Anónimo Há 2 semanas

São os agitadores de extrema esquerda que estão a tentar criar este falso problema para a Catalunha. Os catalães não querem separar-se de Espanha, pois não são burros ! Este é o método habitual da extrema esquerda em Espanha, ou seja, qto mais confusão , melhor ! Assim nasceu a Guerra Civil em '36 !

Luis Miguel Há 2 semanas

A maioria do povo da Catalunha não quer a Independência, quem a quer é o Nacionalista Radical Carles Puigdemont e uns quantos milhares de seguidores. Se a conseguir vai transformar a Catalunha na Venezuela da Europa, que nunca integrará a União Europeia.

BCP a 0.275 é já na sexta - feira Há 2 semanas




para a semana com mais uma subida de RATINGS do MILENIUM BCP e de PORTUGAL o BCP irá passar a ponte dos 0.30 a PONTE para a ETERNIDADE que só parará nos 0.50 no fim do ano com + umas subidas de RATINGS a 20 de DEZEMBRO

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub