Banca & Finanças CaixaBank quer manter BPI na bolsa

CaixaBank quer manter BPI na bolsa

Apesar do "free float" reduzido, o CaixaBank não pretende retirar o banco nacional da bolsa de Lisboa, referiu em conferência de imprensa.  
A carregar o vídeo ...
Raquel Godinho 02 de fevereiro de 2018 às 10:26

O BPI tem actualmente apenas 7% do capital disperso disponível para negociar ("free float") mas vai continuar cotado na bolsa de Lisboa, referiu Jordi Gual (na foto), presidente do Conselho de Administração do CaixaBank, quando questionado pelos jornalistas. O CaixaBank tem uma posição de 84,510% no banco de português, enquanto a Allianz tem 8,425%.

 

"Não temos nenhuma intenção de mudar o BPI. Talvez o 'free float' seja reduzido mas não temos nenhuma razão para mudar esta situação", acrescentou Jordi Gual, que já antes tinha referido que o CaixaBank pretende manter a imagem de qualidade de que o BPI goza em Portugal.

 

O CaixaBank reforça assim a mensagem que já tinha transmitido na conclusão da oferta pública de aquisição (OPA), em Fevereiro de 2017.

 

As acções do BPI seguem a descer 0,89% para 1,338 euros. Em 2018 acumulam uma valorização de 14,24%.

* Jornalista em Valência a convite do CaixaBank

 

 

 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
Saber mais e Alertas
pub