Research CaixaBI aumenta avaliação da Semapa em mais de 18%

CaixaBI aumenta avaliação da Semapa em mais de 18%

O departamento de análise da CGD subiu em 18,4% o "target" para as acções da Semapa, de 18,40 para 21,80 euros.
CaixaBI aumenta avaliação da Semapa em mais de 18%
Miguel Baltazar/Negócios
Carla Pedro 17 de julho de 2017 às 07:42

O CaixaBI atribuiu um novo preço-alvo aos títulos da Semapa, fixando-o agora em 21,80 euros, o que lhes confere um potencial de subida de 26,7% face aos 17,20 euros a que encerrou na sessão desta sexta-feira, 14 de Julho.

 

Os analistas atribuem esta decisão ao facto de terem também revisto em alta, no passado dia 29 de Junho, a avaliação atribuída à The Navigator Company, ex-Portucel, para 4,90 euros por acção.

 

"Esta nota de análise é uma consequência directa dessa actualização, uma vez que a posição da Semana na Navigator representa agora cerca de 90% da nossa avaliação da holding", sublinha o "research" a que o Negócios teve acesso.

 

Além da alteração na avaliação da Navigator, "actualizámos também as estimativas para as restantes áreas de actividade da Semapa", acrescenta o documento, assinado pelo analista Carlos Jesus.

 

"Na nossa anterior avaliação do preço-alvo da Semapa, a participação da empresa na Navigator representava 97% do valor bruto dos activos. O menor peso da Navigator na actual avaliação da Semapa é explicado pelas melhorias registadas no negócio do cimento, não só em termos de lucros como também, e sobretudo, no que diz respeito a projecções futuras", refere.

 

Recorde-se que a "holding" de Pedro Queiroz Pereira – que também se dedica ao negócio da pasta e papel através da The Navigator Company – tem na Secil o grande activo no que diz respeito ao negócio do cimento.

 

Quanto à recomendação para as acções da empresa, o CaixaBI manteve-a em "comprar".

 

A Semapa encerrou a sessão de sexta-feira, 17 de Julho, a somar 1,27% para se estabelecer nos 17,20 euros.


Nota: A notícia não dispensa a consulta da nota de "research" emitida pela casa de investimento, que poderá ser pedida junto da mesma. O Negócios alerta para a possibilidade de existirem conflitos de interesse nalguns bancos de investimento em relação à cotada analisada, como participações no seu capital. Para tomar decisões de investimento deverá consultar a nota de "research" na íntegra e informar-se junto do seu intermediário financeiro. 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
BCP e tudo o vento LEVOU Há 5 dias

APESAR dos resultados EM portugal e na polonia terem QUADRIPLICADO EM RELAÇÃO AO 1 TRIMESTRE mesmo ASSIM já coseguiram DESTRUIR aquilo que o desgraçado do BCP tinha AMEALHADO na outra semana

gfdedentro@sapo.pt Há 5 dias

Atenção ao bcp. Resultados super positivos . Não vendam.

pub
pub
pub
pub