Media Campanha portuguesa do Euro2016 premiada pela UEFA

Campanha portuguesa do Euro2016 premiada pela UEFA

A campanha de apoio à selecção nacional “Não somos 11, somos 11 milhões” venceu os prémios UEFA Kiss Marketing na categoria de melhor activação de marca.
Campanha portuguesa do Euro2016 premiada pela UEFA
Reuters
Negócios 25 de Novembro de 2016 às 17:06

A campanha promovida pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) para o Euro2016, campeonato no qual Portugal se sagrou campeão europeu, foi uma das premiadas dos UEFA Kiss Marketing Awards.

A distinção à campanha com o slogan "Não somos 11, somos 11 milhões" foi inserida na categoria de melhor activação de marca e entregue na quinta-feira, 24 de Novembro, em Atenas, Grécia.

Segundo o site da FPF nesta categoria concorreram 55 federações, tendo "apenas quatro conseguiram ultrapassar o crivo do júri". Além de Portugal, estavam em jogo os projectos apresentados pela federação francesa, norueguesa e turca.

Em declarações ao fpf.pt, site da Federação Portuguesa de Futebol, o director-geral da entidade comentou que este "é um momento especial", porque "estamos a falar do maior prémio europeu de publicidade e marketing de futebol, e num contexto europeu com 55 concorrentes".

E sublinhou: "Portugal, além de campeão em campo, foi também campeão fora dele", rematou.

"Este prémio é, em primeiro lugar, do presidente da Federação e a da sua direcção, que no Natal do ano passado compreenderam a importância de alocar recursos a uma fortíssima necessidade de aproximar os portugueses da sua selecção, e que isso não se faz apenas com palavras; faz-se com técnicas apuradas e estratégias bem conseguidas", acrescentou Tiago Craveiro.

Esta não é a primeira campanha da FPG a ser galardoada. Em 2012 tinha vencido o prémio na categoria de ‘criatividade e inovação’, pela campanha com uma cadeia de hipermercados para a venda de bilhetes.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Prue Há 4 dias

Supisirrng to think of something like that

Kris Há 4 dias

Help, I've been informed and I can't become igratonn.

pub