Automóvel Carlos Ghosn vai liderar Mitsubishi

Carlos Ghosn vai liderar Mitsubishi

Ghosn é o primeiro executivo a liderar três marcas automóveis ao mesmo tempo. Os rumores confirmaram-se esta quinta-feira, 20 de Outubro. Resta-lhe dar a volta às contas da japonesa Mitsubishi.
Wilson Ledo 20 de Outubro de 2016 às 09:39

O presidente da Nissan e da Renault, Carlos Ghosn, vai assumir funções na Mitsubishi. A informação foi confirmada esta quinta-feira, 20 de Outubro. Ghosn será o primeiro executivo a liderar três diferentes fabricantes automóveis ao mesmo tempo.

A agência Bloomberg concretiza que a Nissan concretizou a operação, avaliada em 2,3 mil milhões de dólares (2,1 mil milhões de euros), clarificando a nova situação de Carlos Ghosn.


A Nissan adquiriu 34% e assumiu o controlo da Mitsubishi, depois de a marca ter admitido manipulação em testes de emissões poluentes.


A Mitsubishi prevê agora um prejuízo mais acentuado, o primeiro em oito anos, devido aos custos deste caso. A japonesa espera para o ano fiscal que terminará em Março um prejuízo de cerca de 240 mil milhões de ienes (cerca de dois mil milhões de euros).

Daí a importância do contributo de Carlos Ghosn, conhecido pela sua experiência na redução de custos.


A aliança entre a Renault, a Nissan e a Mitsubishi vai criar o quarto maior grupo automóvel mundial. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub