Automóvel Carros do Estado custam 36 milhões por ano

Carros do Estado custam 36 milhões por ano

A idade avançada dos carros do Estado, a maioria nas mãos de militares e forças de segurança, é um dos motivos para o aumento dos custos anuais, escreve o Correio da Manhã.
Carros do Estado custam 36 milhões por ano
Miguel baltazar
Negócios 09 de outubro de 2017 às 09:06

A manutenção da frota automóvel do Estado português deverá custar 36 milhões de euros este ano, escreve o Correio da Manhã desta segunda-feira, 9 de Outubro.

De acordo com o diário, que cita uma estimativa de custos da Entidade de Serviços Partilhados da Administração Pública, apesar do número de veículos estar em decréscimo, os custos estão a aumentar.

O custo médio de manutenção foi calculado em 1.405 euros por cada um dos 25.671 carros ao serviço do Estado. Destes, quase 60% estão nas mãos de militares e forças de segurança.

Face a 2014, concretiza o Correio da Manhã, representa um agravamento de cerca de 300 euros por veículo. Nesse ano, a frota tinha mais 1.390 veículos do que no primeiro semestre deste ano. A despesa total foi de 30 milhões.

O aumento dos custos é justificado em parte com a idade dos carros: quase metade tem mais de 16 anos e um em cada quatro circula já com mais de 300 mil quilómetros.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 09.10.2017

SE COMPRAREM MAIS UNS BMW PARA A PSP O PROBLEMA FICA RESOLVIDO...

Anónimo 09.10.2017

16 anos e mais de 300.000 km´s?.... Está novo!

Camponio da beira 09.10.2017

Os condutores profissionais, t~em sempre um agente de extorsão numa qualquer rotunda à espera para ajudar a pagar esse dinheiro

pub