Turismo & Lazer CBS: Visitar Lisboa é um “bom negócio”

CBS: Visitar Lisboa é um “bom negócio”

O canal televisivo CBS destacou a oferta da TAP para o mercado norte-americano, que tem sido uma das apostas da companhia aérea nacional.
CBS: Visitar Lisboa é um “bom negócio”
Pedro Zenkl/Correio da Manhã
Negócios 12 de dezembro de 2016 às 12:30

A CBS destacou nos últimos dias a oferta da TAP para Lisboa como uma oportunidade de viagem no rescaldo das eleições presidenciais, uma altura em que tradicionalmente os consumidores norte-americanos se retraem nas deslocações e preferem ficar por casa. 

O editor de viagens do canal de televisão dos EUA refere-se às deslocações para a capital portuguesa como sendo um "bom negócio", numa altura em que outras regiões do mundo estão também a descer os preços.

"A TAP tem preços de 750 dólares, ida e volta, para ficar três noites em Lisboa e depois voar de graça para qualquer outro dos 45 destinos que eles servem", referiu Peter Greenberg, editor da área do turismo na CBS.


Realçando que neste período do ano normalmente há "uma redução na procura", a TAP adiantou, em comunicado, na semana passada, que, dentro da rede em que opera, "destaca-se o Atlântico Norte com um crescimento de 155,4 % neste mês de Novembro, demonstrativo dos efeitos muito positivos da aposta da companhia na sua expansão nos EUA", sendo que a ponte aérea entre Lisboa e o Porto cresceu 113,3%.

A TAP aumentou o número de passageiros no mês passado em 25,2% face a igual período de 2015, atingindo os 967.350 passageiros, mais 194.550 pessoas do que no mesmo mês do ano passado.


A CBS inclui Lisboa numa peça noticiosa sobre os melhores negócios para ir de férias este ano, salientando que há "pechinchas" disponíveis até Março, desde as Caraíbas com preços a descer nos resorts, a bons negócios na Hungria ou mesmo viagens de comboio pelos parques nacionais dos EUA.


Peter Greenberg aconselha os interessados a falar com uma agência de viagens porque estas ofertas nem sempre estão visíveis.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub