Banca & Finanças Centeno explica polémica sobre declaração de Domingues esta tarde

Centeno explica polémica sobre declaração de Domingues esta tarde

O ministro das Finanças convocou uma conferência de imprensa para falar sobre a polémica em torno dos compromissos assumidos com António Domingues quando o banqueiro foi convidado para a CGD. Centeno recusa demissão pedida pela oposição.
Centeno explica polémica sobre declaração de Domingues esta tarde
Bruno Simão
Maria João Gago 13 de fevereiro de 2017 às 16:58

O ministro das Finanças convocou os jornalistas para explicar a polémica sobre os compromissos assumidos com António Domingues para o banqueiro aceitar ser presidente da Caixa Geral de Depósitos, designadamente quanto à obrigação de os gestores do banco apresentarem declarações de rendimento e património no Tribunal Constitucional. Mário Centeno, que dará a conferência de imprensa às 17:30, recusa demitir-se como têm reclamado os partidos da oposição.

 

CDS e PSD têm acusado o ministro de ter mentido na comissão parlamentar de inquérito à gestão da Caixa, quando disse não ter assumido qualquer compromisso com Domingues para isentar os administradores da instituição de escrutínio junto do Tribunal Constitucional.

 

As críticas da oposição subiram de tom depois de ter sido conhecida a correspondência que o antigo presidente da CGD enviou a Mário Centeno. Nas missivas, divulgadas pelo Eco, Domingues recordava que as alterações ao Estatuto do Gestor Público aprovadas pelo Governo, que retiravam o banco das obrigações definidas neste diploma, visavam, entre outros objectivos, eliminar a obrigação de entrega das declarações de património.

 

Na carta divulgada pelo Eco, de 15 de Novembro, Domingues mostrava "grande surpresa" com a necessidade de apresentar as declarações de rendimento ao Tribunal Constitucional. Essa "foi uma das condições acordadas para aceitar o desafio de liderar a gestão da CGD e do mandato para convidar os restantes membros dos órgãos sociais, como de resto o Ministério das Finanças confirmou", lê-se na missiva.

 

O gabinete de Mário Centeno argumentou que essa carta não foi enviada à comissão de inquérito porque o ministro não lhe respondeu.


(Notícia actualizada às 17:09)



A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 13.02.2017

Da afirmação inequivoca que tinham alterado a lei devido ao novo conselho de administração da caixa, passou para o que não tinha feito qualquer acordo (mudou a lei porque acordou bem disposto nesse dia), e agora alega não ter mentido apenas ocultado. Que TRISTE FIGURA um "garoto" já com esta idade pode fazer em plena praça pública e aos olhos de TODOS!! É preciso ter-se ou muito estomago, ou falta de muita coisa..

comentários mais recentes
CENTENO, IGNORE-OS ! 13.02.2017

Caro CENTENO, não dê mais resposta a esses pulhas do PSD, cuja única vontade é privatizar a CGD.
É essa a grande dor de cor-no com que o vígaro Passos ficou, por não ter podido fazê-lo.

CENTENO, IGNORE-OS ! 13.02.2017

Caro CENTENO, não dê mais resposta a esses pulhas do PSD, cuja única vontade é privatizar a CDS.
É essa a grande dor de cor-no com que o vígaro Passos ficou, por não ter podido fazê-lo.

Anónimo 13.02.2017

Que mal é que tem termos um ministro das finanças que é aldrabão ? Deixemos o nerd em paz e sossego, tadinho !

Anónimo 13.02.2017

PORTUGAL = PAIS DE MENTIROSOS. Aliás como ontem dizia Marques Mendes num país decente Mario CenTino já estava demitido. Mas somos o país do brandos costumes. Pouca vergonha!

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub